https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Breve amor, meu bem

 
O coração acelera quando sente sua presença
Ele sabe que você fala alto pra chamar minha atenção
O coração acelera quando vê mensagem sua
Ele chora porque sabe que pouco irá durar
Digito a senha e amplio a sua foto só pra saudade passar
Eu gosto de blues não de sertanejo
Mas canto alguns versos quando te vejo por andar
Acordo penso em você, conto minutos pra te encontrar
Reparo nas roupas e no seu cabelo
Coisa linda de se ver dançar
Na minha mente invento um jeito pra te namorar
Sei que você se arruma pra eu reparar
Eu também me arrumo pra te ver babar
É declarado entre nós
Pena que não estamos a sós
Você gosta do meu cheiro no seu lençol
Gosta,não é?
E eu gosto do seu perfume de final de semana
Escrevo os versos sorrindo pensando em você
Mas que bobeira a minha!
Nem sei o que está fazendo agora
Me namora!
A vida é feita de escolhas, mas não quero te escolher
Você é bagunceira, folgada, não tem nada pra fazer
Eu sou organizado, trabalhador e só penso em te querer.


Breve amor, meu bem


Dalton Rios


Curitiba, Outono 2016

 
Autor
Pensadora
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1870
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martims
Publicado: 16/05/2016 19:30  Atualizado: 16/05/2016 19:30
Colaborador
Usuário desde: 12/08/2013
Localidade:
Mensagens: 6796
 Re: Breve amor, meu bem
Uma essência que se traduz em um querer insano onde o amor se faz prazerozamente