https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

dos ventos

 
.
.
.
.
.
.
.
.
.................................
**********************************



I

e quando tudo terminar onde ficarão as palavras,
terminarão elas também?

Quero-me mar, querer-me-ei então som em silêncio,
aquele que range a alma,
aquele que sempre me suspendeu

no precipicio do promontório um dia,
ou noite, já não sei.

E quando isso acontecer, [que me interessa o quando],
nem saberei colocar a mão sobre as letras em forma de orquìdea,
ou aquelas outras em cor de cereja,

então,

querer-me-ei despido de mim, que a carapaça apodreça.

II

Dos ventos,

que seja,

querer-me-ei vento, não brisa, vento
forte,

furacão que limpe as lágrimas que ainda resistem,
e mesmo que o mar as tenha todas recolhido,

libertar-me-ei destas pedras angulares
que nada já sustêm, nem pó.


As crianças serão então livres, como o fui em tempos,
e regresso ao principio, ao ventre,

ao mar calmo,

serei então eu.

[Finalmente].


"Floriram por engano as rosas bravas
No inverno:veio o vento desfolha las..."
(Camilo Pessanha)

http://ricardopocinho.blogspot.com/







...
[do ciclo dos ventos, das primaveras, de mim, talvez de ti]
 
Autor
Transversal
 
Texto
Data
Leituras
716
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
22 pontos
6
0
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 10/05/2012 10:53  Atualizado: 10/05/2012 10:53
 Re: dos ventos
Do ventre maternal ao ventre da terra, equilibrados no cordão umbilical. Muito bom o teu poema. Parabéns muitos e abraço.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 10/05/2012 14:21  Atualizado: 10/05/2012 14:21
 Re: dos ventos
______________________dos ventos
estes
levaram-me ao Mar
esse
naquele cais
onde consigo ser eu
primeiro
é lá que tudo começa
onde desaguam as palavras
logo
na nascente


nesse
onde T
________
é-se criança
quando se quer ser
homem
quando apetece
mulher
em toda a dimensão

linha ___________ de ti onde M

nascente pura
de uma foz de mais tarde
quando se estiver preparada

AbraçoT na dimensão de quem quer
mesmo que não consigas [já] entender
o como


Enviado por Tópico
jessicaseventeen
Publicado: 10/05/2012 19:33  Atualizado: 10/05/2012 19:33
Colaborador
Usuário desde: 04/09/2011
Localidade: Coimbra, Portugal
Mensagens: 920
 Re: dos ventos
Excelente

Beijinhos *

Jessica