https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Saudade : 

gosto de coisas simples

 
Open in new window












GOSTO DE COISAS SIMPLES


Gosto de coisas simples

Simples e belas!

Gosto dos raios do sol

que me entram pelas janelas.

e de ver os pinheiros a crescer

debaixo delas.




Gosto das flores silvestres

De velas de pavio aceso

Gosto dos montes agrestes

E das capelas onde rezo

Gosto de acácias em flor

Da calma das noites serenas

Amo tudo com o mesmo amor,

Coisas simples e pequenas.




Gosto de cantar

à roda da fogueira

Gosto da chuva lá fora,

Gosto da lenha a crepitar

Do gato a ronronar à minha beira.

Das conversas à lareira.




E sempre que Deus queira

me hei-de lembrar,

das coisas simples da aldeia

da avó fazendo meia

do moinho rodando a mó

do milho ficando em pó

da colcha velha na relva a corar,

do cloreto pra branquear

do duche tomado no rio

do avô que partiu no navio.




Gosto das coisas simples, talvez

porque simples Deus me fez,

gosto do naperon sobre a mesa

da jarra de flores amarelas

gosto da natureza,

em tudo encontro beleza

gosto de cortinas nas janelas,

gosto de ouvir os galos cantar

duma concertina a tocar

gosto até dum arraial

Há gente que acha tudo isto banal!

Talvez eu tenha enlouquecido

mas tudo isto me é querido.




Gosto do sino da torre da igreja

e gosto das sombras por onde leio as

horas,

gosto daquela amiga que me beija,

que encontro quando apanho as amoras,

Gosto dos telhados com pardais

gosto do mistério que traz o anoitecer

gosto por demais

das fotografias nas molduras

de relembrar as rapaduras,

nada morre na lembrança

nada passa dos meus sentidos

nem a presença da morte e os gemidos

tudo recordo de criança.




Por isso gosto de coisas simples,

como estes versos

ainda que não gostem deles, não me deixo

entristecer,

podem ser controversos

que me importa? Se é a minha maneira de ser!

E quando de todo enlouquecer,

ainda assim de coisas simples vou gostar

vou ficar silenciosa na minha rua

vou estar atenta ao chegar da lua

e vou fazer rimas com amor

como um bom trovador.




E meus sonhos hão-de vir pé ante pé

pois sou senhora de fé

que assim há-de acontecer!

Vou sonhar com o rio e os salgueiros

com os laranjais e os cheiros

do pão no forno a cozer...

e depois os meus olhos ainda hão-de ver

a madrugada a romper

e hei-de fazer versos

e mais versos

até os dedos ficarem com sono,

até ser de novo outono

onde meu coração ferido

seja um ramo de árvore despido.




Ainda assim estarei viva para escrever,

coisas simples é bom de ver,

e para fazer amor assim simples como

simples são as coisas da vida.

da vida...por mim vivida!




natalia nuno

rosafogo


Ao ler meus escritos antigos dei com esta poesia escrita em 2001, singela, mas falando de quase uma vida.






Na plenitude da felicidade, cada dia é uma vida inteira.
Johann Wolfgang Von Goethe



 
Autor
rosafogo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
3618
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
33 pontos
17
0
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Lápis
Publicado: 13/07/2012 12:05  Atualizado: 13/07/2012 12:05
Da casa!
Usuário desde: 27/04/2012
Localidade:
Mensagens: 289
 Re: gosto de coisas simples
São as coisas simples que fazem a vida valer a pena!
(Abraços)
Lápis


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 13/07/2012 12:22  Atualizado: 13/07/2012 12:22
 Re: gosto de coisas simples
*acordar e ler-te
tem sido momento
sagrado para mim.
É quase uma prece
soprada pela
singeleza do teu
coracao. Natalia eu
sinto-me
enriquecida com
teu versar. Sinto-te
plena no hoje,
feitura d um
passado perfumado
e valorizado.
Obrigado pelo
presente que é tua
escrita na minha
vida. Beijo-te com
mto carinho.
Karinna*

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 13/07/2012 15:00  Atualizado: 13/07/2012 15:00
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 28180
Online!
 Re: gosto de coisas simples
A simplicidade é a maior ruiqueza de nosso ser, belíssimo poema

Enviado por Tópico
luciusantonius
Publicado: 13/07/2012 15:57  Atualizado: 13/07/2012 15:57
Colaborador
Usuário desde: 01/09/2008
Localidade:
Mensagens: 670
 Re: gosto de coisas simples
Decerto porque gosto muito do que escreve, da sua forma poética, que gosto dos imorredoiros «Simples» de Guerra Junqueiro, esse que justamente pela grandeza da sua simplicidade, ia sendo (ou alguém o pretendeu) ser colocado á margem dos verdadeiros poetas do nosso país.

Parabéns e um abraço
Antonius

Enviado por Tópico
carolcarolina
Publicado: 13/07/2012 19:17  Atualizado: 13/07/2012 19:17
Colaborador
Usuário desde: 24/01/2010
Localidade: RS/Brasil
Mensagens: 9297
 Re: gosto de coisas simples
Amiga Poetisa
Natalia


Eu acredito que as maiores belezas estão nas coisas simples.
Por aqui existem muitos pardais e eu cozinho arroz para eles diariamente, pois adoro a confusão que fazem. Também ganhei um vizinho que trouxe galinhas e passei a escutar o galo cantar, adorei o meu vizinho cantor.
Lindo poema falando de coisas lindas que tocam no nosso coração.
Bjinhos
Carol

Enviado por Tópico
JBMendes
Publicado: 13/07/2012 19:36  Atualizado: 13/07/2012 19:36
Colaborador
Usuário desde: 13/02/2010
Localidade:
Mensagens: 5222
 Re: gosto de coisas simples
Querida ROSAFOGO - O simples é o peregrino sem ambição. É divino, Bela poesia.
Um abraço carinhoso
JBMendes

Enviado por Tópico
Felisbela
Publicado: 13/07/2012 23:25  Atualizado: 13/07/2012 23:25
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2011
Localidade:
Mensagens: 2207
 Re: gosto de coisas simples
Não é à toa que dizem que a beleza está nas coisas simples!

Aqui está a prova...adorei ler!!

Parabéns!

Beijinhos de amizade

Felisbela

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 13/07/2012 23:46  Atualizado: 13/07/2012 23:46
 Re: gosto de coisas simples
Uauu Rosa que poema mai lindo, lindo, lindo...
Prezo imenso poemas do género pois sou amante das coisas antigas...da sé velha, do tocar dos sinos na hora das avé marias, dos poios de larangeiras, das veredas de terra, das levadas a correr água fresca e à beira as ervas aromáticas, oh dos castanheiros...de ler quadras antigas, do despique...enfim...

Abraços
Luzia

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 14/07/2012 00:15  Atualizado: 14/07/2012 00:15
 Re: gosto de coisas simples
Pois eu também gosto da simplicidade das coisas. Gosto de pequenos nadas, pois são eles que constroem um todo. Os teus pequenos nadas construíram a riqueza das tuas memorias.

Um excelente trabalho.

Beijo azul

Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 14/07/2012 02:47  Atualizado: 14/07/2012 02:47
Colaborador
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 17658
 Re: gosto de coisas simples
Singela ao reter o mundo.
Lembrei do cheiro do moinho de pedra...
fubá fresquinho e de minha avó.
Tão bom querida. bjs

Enviado por Tópico
rosafogo
Publicado: 14/07/2012 10:21  Atualizado: 12/08/2012 15:12
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2009
Localidade:
Mensagens: 9599
 Re: gosto de coisas simples/ a todos os amigos
Depois de receber tantas e tão bonitas palavras
de apreço, estou em crer que valeu a pena ter colocado
à vossa apreciação tão singelo poema. Arrecadado por mais de uma década
ele próprio está feliz, afinal saber esperar é uma virtude.
Meus estimados amigos, a emoção que sinto ao receber vosso apreço...
me faz feliz!
Este poema é como alguns outros também ainda não publicados, daqueles com
que estou emocionalmente mais ligada, também para mim apesar da singeleza
da escrita me recordam toda ou quase toda a minha vivência, recordações duma infância e juventude retidas na memória.

A minha gratidão a todos pelas palavras que me deixaram,
que me tocaram.

Um beijo com carinho.

Enviado por Tópico
Avozita
Publicado: 14/07/2012 22:55  Atualizado: 14/07/2012 22:55
Colaborador
Usuário desde: 08/07/2009
Localidade: Casal de Cambra - Lisboa
Mensagens: 4531
 Re: gosto de coisas simples
Tal como tu, também gosto de coisas simples.
E gosto de te ler sempre.

Beijinhos mana

Antonieta




P.S.- O teu cunhado gostou imenso deste teu maravilhoso poema.


Enviado por Tópico
AntóniodosSantos
Publicado: 18/07/2012 21:03  Atualizado: 18/07/2012 21:03
Colaborador
Usuário desde: 10/12/2008
Localidade: Lisboa
Mensagens: 1005
 Re: gosto de coisas simples
Querida Poetisa

Uhau... que poema SIMPLESmente... BELO...

Adorei, lê-lo e relê-lo... para bem apreciar a beleza de todas as coisas simples que evoca...

Eleva-nos o espírito...

Obrigado por tão encantador poema...

Valeu bem a pena passar por aqui, pela sua página...

Bem haja...

Um grande Xi-coração, com toda a simplicidade da AMIZADE...

António dos Santos


Enviado por Tópico
geraldocoelho
Publicado: 12/08/2012 22:13  Atualizado: 12/08/2012 22:13
Colaborador
Usuário desde: 14/11/2010
Localidade:
Mensagens: 621
 Re: gosto de coisas simples
Gostei de viajar no tempo
de tua existência;nas asas
de teus "SIMPLES VERSOS";
ao mesmo tempo em que viajei
no tempo também da minha querida
infância...Que maravilha!...Amei!...
Bjssss.