https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Tristeza : 

Uma Sombra Triste

 
Quem nunca presenciou o grito da sombra?
Aquela tristeza que nos transporta para um tempo transcendente...
Um tempo onde as verdades se deleitam com mentiras.
Um tempo de um clarão escuro que consome a beleza harmoniosa do Templo que é o Ser.
Uma tristeza pura e ingénua.
A perfeita amante das lágrimas...
O grito da sombra transformado
em pó
em água
em dor
em dissabor.

Um Grito? Não...
Um suspiro...
Uma eterna desventura plantada no profundo recanto do Ser que é um Monstro.
Mas a tristeza não é uma viagem sem viajante.
Fica à espera, ancorada ao sabor da memória.
Um momento, há, em que se solta e perpetua o silêncio.

Aí, a página é rasgada.
Destruída.
Feita puzzle.
Dão-lhe mais peças os gloriosos;
Deixam-na incompleta os macábros que fazem das palavras amargas o seu alimento.

Mas a sombra, não se evapora...
Não é Luz. Quiçá Vida!
Vai-se com o apodrecer dos ossos
E, contudo, permanece.<br />quando nos apetece gritar, berrar com toda a força, a todo o mundo, que a vida já não é vida, que o ser já não é ser... e, por isso, apenas suspiramos...

 
Autor
PauloQueiros
 
Texto
Data
Leituras
814
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Paloma Stella
Publicado: 18/12/2006 12:34  Atualizado: 18/12/2006 12:34
Colaborador
Usuário desde: 23/07/2006
Localidade: Barueri - SP
Mensagens: 3514
 Re: Uma Sombra Triste
As sombras gritam... choram... e por muitas vezes sozinhas desabam.
Muitos as julgam.. e a culpam... ja por outros são glorificadas e idolatradas como elas. únicas e tão belas como qualquer sombra noturna.


Adorei seu poema..

beijinhos