https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

ELA VEM, IMPIEDOSAMENTE

 
Tags:  desilusão  
 
ELA VEM, IMPIEDOSAMENTE.

Ela vem impiedosamente, ela é friamente glacial,
ela é realisticamente certeira, ela é de uma verdade
fulminante, ela é a RAZÂO, a minha RAZÃO,
que estava demorando para chegar.

E ela ao chegar, como diz a passagem bíblica,
me mostrou que eu era o pior dos cegos,
porque mesmo enxergando não quis ver,
que o que estava sendo orquestrado para comigo,
em detrimento do Amor que de mim tinha nascido.

E justamente pelo Amor que de mim nasceu,
foi me presenteado com a dissimulação,
fui usado para um jogo torpe de provocação
sedutora, para aquele de quem realmente ama,
mas não tem a coragem de ser mais uma
odalisca no harém de quem é dono do
“ especial carinho “.

Não não houve a coragem de me dizer o real motivo,
e usou de um álibi falso, para justificar o jogo a mim
engendrado, pois nesse álibi apresentado, jamais se quis
mexer no que nunca quis ser mexido.

Mas fui presenteado, pelo silencio covarde,
silencio esse travestido de pseudo superioridade,
carregada de soberba e arrogância,
se arrogando de dona da verdade,
verdade que não possui, porque ninguém
é dono da verdade, pois a verdade é feita
de honestidade, lealdade, e acima de tudo,
índole e principalmente livre – arbítrio,
pois só é verdadeiro que realmente quer se – lo.

Mas a RAZÃO esta me chegando,
impiedosamente, friamente,realisticamente,
verdadeiramente, mas que não me tirou
o AMOR que sinto , esse AMOR que no fundo,
foi só meu, mas foi e é um AMOR,
honesto, solidário, verdadeiro e fiel,
mas que é um AMOR impossível,
porque é um AMOR que em momento
algum foi correspondido.

M . A. Tisi

( 07/08/2012 )


Marco Tisi

 
Autor
MarcoTisi
Autor
 
Texto
Data
Leituras
962
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
FalcãoSR
Publicado: 07/08/2012 05:39  Atualizado: 07/08/2012 05:39
Colaborador
Usuário desde: 30/06/2006
Localidade: Rio de Janeiro
Mensagens: 2722
 Re: ELA VEM, IMPIEDOSAMENTE
Amor me prende e maltrata
Me faz sofrer noite e dia
Mas sem ele que me mata...
Mais infeliz eu seria.


Parabéns belo belo poema!


Abraço


Enviado por Tópico
BeatrizTrevisani
Publicado: 07/08/2012 14:43  Atualizado: 07/08/2012 14:43
Colaborador
Usuário desde: 09/06/2012
Localidade: Fortaleza-ce
Mensagens: 1480
 Re: ELA VEM, IMPIEDOSAMENTE
O amor e a razão realmente são extremo ambivalentes,
quando estes não estão em equilíbrio
faz praticamente enlouquecer,
Mais será sempre assim amor é sempre amor
indeterminante se é correspondido ou não!
Um Grande Beijo!