https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

LENÇO DE PAPEL

 
Tags:  saudades  
 
LENÇO DE PAPEL

Acordei apavorado
meu peito estava todo ensaguentado,
era da cicatriz do Coração
que ainda não esta drenado.

Mas tenho um Lenço de Papel,
que absorveu o sangue
com gosto de Fel.

É Assim Que É.
Quando vier a Saudade Amarga.
Tem que ter um Lenço de Papel
pra absorver a dor que as vezes
não desembarga.

Marco Aurelio Tisi
( 08/08/2015 )


Marco Tisi

 
Autor
MarcoTisi
Autor
 
Texto
Data
Leituras
654
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martims
Publicado: 11/08/2015 15:16  Atualizado: 11/08/2015 15:16
Colaborador
Usuário desde: 12/08/2013
Localidade:
Mensagens: 6830
 Re: LENÇO DE PAPEL
Um lindo poema que fala da saudade, onde mora uma intensa amargura