https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Convicções

 
Uma mulher toda vestida de negro
acordou com a convicção profunda
de ser uma aranha enfeitiçada pelo cio
e se arrastou até um canto do quarto
onde com exuberantes requintes teceu
a tentação de um véu de seda viciada

um dédalo de fios intricados e viscosos
onde viu cair à hora do crepúsculo
o pobre homem que havia acordado
com a profunda convicção de que era
um pequeno inseto enfeitiçado pelo cio


 
Autor
Runa
Autor
 
Texto
Data
Leituras
658
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
25 pontos
9
0
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Felisbela
Publicado: 12/08/2012 21:14  Atualizado: 12/08/2012 21:14
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2011
Localidade:
Mensagens: 2207
 Re: Convicções
Perdoe-me a interpretação, mas é a minha...rsrs

Acho que a mulher do seu texto apenas foi bastante convincente...e as convicções ficaram por terra...

Gostei muito de ler! Parabéns!

Abraço

Felisbela

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 12/08/2012 21:18  Atualizado: 12/08/2012 21:18
 Re: Convicções
Lindo.
Gosto de como escreves. Sempre, tecendo palavras.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 12/08/2012 21:23  Atualizado: 12/08/2012 21:23
 Re: Convicções
Só espero que não seja uma "viúva negra" que mata e come o companheiro depois do acasalamento.
Gostei do poema.


Beijo azul

Enviado por Tópico
carolcarolina
Publicado: 12/08/2012 21:32  Atualizado: 12/08/2012 21:32
Colaborador
Usuário desde: 24/01/2010
Localidade: RS/Brasil
Mensagens: 9297
 Re: Convicções
Poeta Runa

Aranha é bom que se tenha cuidado.
Mas essa com certeza não oferecia perigo,já que tinha apenas a convicção de ser uma.
Bela inspiração
Bjus
Carol

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 12/08/2012 21:32  Atualizado: 12/08/2012 21:32
 Re: Convicções
E assim caminha a humanidade,

de convicção a convicção...de sonho a sonho.

A sedução ou instintos vai 'tecendo' os acasos... casos ou causos.

Gostei demais!

Enviado por Tópico
girassol
Publicado: 12/08/2012 21:56  Atualizado: 12/08/2012 21:56
Super Participativo
Usuário desde: 02/10/2011
Localidade: Lisboa mesmo ao lado...a levo de braço dado.
Mensagens: 194
 Re: Convicções
Bem tecido este poema!

Ela
Fez com o véu a dança do ventre
e o pobre
com o estímulo caíu na teia, não resistiu à
tentação dos sentidos.

Oi Runa tudo bem amigo?
Um abraço, boa semana.

Enviado por Tópico
sommerville
Publicado: 12/08/2012 22:50  Atualizado: 12/08/2012 22:51
Colaborador
Usuário desde: 21/08/2011
Localidade: Porto, Portugal
Mensagens: 1004
 Re: Convicções / Runa
Olá poeta !

Confesso que não sei quem é "o homem que havia acordado" , nem tão pouco sei se é importante saber , mas ... sei que o poeta Runa é , cada vez mais , (des)perto !
Parabéns .

Abraço .

Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 13/08/2012 00:09  Atualizado: 13/08/2012 00:09
Colaborador
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 17658
 Re: Convicções
O que havia acordado em teias
de versos fluentes como linhas.
Se gostei? bjs

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 13/08/2012 15:52  Atualizado: 13/08/2012 15:52
 Re: Convicções
*Rui, escrita de gênio. Essa analogia instigante, que de fato, traz a verdade que somos o que desejamos ser...
A Poesia até nos dá esse direito, esse dom.E quando aliado ao poder 'feminino' da sedução...também tem o outro lado, o de deixar-se ser...
Sei lá...virei do avesso aqui!
Beijoka*

*que bom que estás de volta!*