https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amizade : 

Paraíso Verde

 
Tags:  homem    floresta    feras    habitat    soberania  
 
Em meio a sua exuberância.
Concepção e geração de Vidas,
Eclodem em teu universo único.
Presentemente cheia de Soberania.

Em meio a densa floresta,
Há vida de toda espécie,
Entre pios, gorjeios e uivos.
Estando em seu habitat.

Serenos e altivos.
Os habitantes em seu mundo vagueiam.
Os que são do dia,
Mostram com seu pipiar... alegria.

Quando a noite os raios do sol, encobrem
A densa selva, seus riachos e igapós.
Surgem dentro de nós, doce nostalgia.
É hora das feras noturnas, deixarem as tocas.

É hora das feras, caçarem,
e sua prole alimentarem.
é hora de nos rios se refrescarem.
sua sede saciarem.

São vidas, em muitos estágios,
dos mais primários, secundários.
São vidas, em seu universo
Vivendo lado a lado com o Homem.

O homem selvagem, o homem mateiro.
Todos em uma harmonia sem igual.
Vida animal, em qualquer nuance.
numa vida entrelaçada e cambiante.


Fadinha de Luz




Maria de Fatima Melo (Fadinha de Luz)

 
Autor
MariadeFatima
 
Texto
Data
Leituras
1079
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.