https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

Dia Infeliz

 
Tags:  sono    perde    Intempéries    Diam infeliz  
 

Dia infeliz

Quando o dia não cimeça bem
Também, não termina bem.
Perde-se o sono
E espera-se uma alvorada que nao vem

Algo acontece
A paz desaparece
E quem achavamos ser amigo
Entre brumas, fenece

Se outro dia fora
Talvez, nao fosse assim
Mas num dia cheio de intempéries

O sol escurece
Entre nuvens de tempestade
E a chuva cai, pelo canais lacrimais

Fadinha de luz


Maria de Fatima Melo (Fadinha de Luz)

 
Autor
MariadeFatima
 
Texto
Data
Leituras
2593
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.