https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Frequente nostalgia

 
As noites passam e ainda me lembro
Meu relógio marca os restantes segundos
Meu pensamento vaga no tempo e adormece nas lembranças
Os sons da vida já não conduzem mais nossas danças

Enquanto minha alma passeia em lugares sem fim
Buscando a outra metade de mim
Encontro você...
Viajo sozinha tendo nostalgias do passado

Em meu quarto escuro ouço as batidas do coração
Vivendo novamente momentos eternos
Vivendo o nosso para sempre
Em meu quarto escuro vejo flashes do nosso amor

As lágrimas salgadas umedecem a boca seca
Logo fecho os olhos parecendo sentir e viver tudo novamente
Seus olhos ao encontro dos meus
Pupilas dilatadas representando a paixão

Mãos entrelaçadas sustentando a direção
Bocas unidas provocando tesão
Lugares secretos e nós,escondidos da multidão
Era ali,bem ali,no rosto dele,a nossa perdição.


Thábata Piccolo

Curitiba,Inverno 2012

 
Autor
Pensadora
Autor
 
Texto
Data
Leituras
609
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 07/09/2012 01:09  Atualizado: 07/09/2012 01:09
 Re: Frequente nostalgia
Lindo texto...gostei muito,parabéns!.Beijo


Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 07/09/2012 04:54  Atualizado: 07/09/2012 04:54
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16211
 Re: Frequente nostalgia
Relembrar é sempre bom! Belo texto, gostei muito! Bjos!