https://www.poetris.com/
 
Contos -> Tristeza : 

O Cálice de Sangue e Estranho Mundo Noite

 
O Cálice de Sangue e Estranho Mundo Noite
 
"De novo? Então, depois de tanto tempo, vais cair denovo? Sim, eu sei..são aquelas malditas lembranças que machucam o coração, dilaceram a mente e perturbam o sono, não é? Bem,eis um convite: Mergulhe novamente, volte e veja como tudo está desde que partiu..sinta as trevas te engolirem, e se deixe carregar! Mais uma vez,bem vindo ao Mundo da Noite!Mundo que você mesmo criou, não que isso faça alguma diferença..!Vamos, não tens mais nada a perder, e não podemos ficar esperando!"
Então fui. caminhei um certo tempo, até encontrar um lindo lago de aguas espelhadas e negras. Só então me dei conta que até ali, nada mudara. Oque faço agora? "Apenas se deixe levar". Meus olhos pesaram..ah,aquele sentimento tão conhecido, o doce desespero.. então meu corpo pendeu para frente,meu rosto tocou as águas, e rapidamente fui engolido. Lá estava eu novamente!
"Ora, veja! como cresceu! É bom reve-lo!Vai ficar me olhando até quando? vamos, explore!Vou estar disponivel quando precisar.Não sairei de seu lado, mas cabe a você descobrir se isso é bom ou ruim! hahaha Então não se lembra mesmo de meu rosto? deixa que me apresento: pra você, eu sou o Demonio da Consiencia, ao seu dispor!"
Tudo estava tão diferente. Não, eu não havia criado aquilo! Não podia ser verdade! Quem é aquela? "Ora, vamos! Essa voce conhece!Foi ela quem te trouxe aqui!No começo era odioso ve-la, mas depois acabamos acostumando com ela! se mudou pra cá faz pouco tempo. Onde era mesmo que ela morava? ups, acho que no Coração, né? Oque aconteceu? Não era pra ela estar aqui!Ah, lembrei! Outra decepção, não? Olha, eu sempre te aconselhei a não amar! e você me escutou? NÃO! Bem, como a casa é sua, decida oque vai fazer!" Então meu coração bateu forte, e parou.Os joelhos tremeram,e eu cai. Não, eu não ia aguentar tudo aquilo denovo!Tenho que matar essa lembrança, mas como? Aí me dei conta de que não era uma simples lembrança. Estava viva, enraizada dentro de mim, e doía, como um cancer que apodrece o resto do corpo.. Então me vieram as lembranças. A dor, o desespero, a angustia, o ódio.. como ela pôde? "A culpa não é dela.É d'Ele, o Amor. Mate-o." Olhei em seus olhos, e ela veio em minha direção, sedutora. Ainda dominava parte de minha mente.. Não! senti meu corpo enrijecer, meu coração esfriou, e meus olhos gelaram. Maldita seja a hora em que amei, e madita seja essa que me traiu! que padeça como um cão padece, e que a luxuria percorra seu corpo, mas homem algum tera coragem de toca-la, pois tamanho será o desprezo! Então,tudo verteu em sangue, e uma dor aguda me transpassou o peito, e eu não suportei.Oque eu fiz?? Em um momento de loucura eu havia matado parte de mim! "E então? como se sente?" Frio. "vais viver com a lembrança nítida em seu coração. Voce ja a tirou de sua mente. Agora vem a melhor parte: a Vingança!" Então senti que estava pronto. Valeria a pena? Não sei, mas como eu ja havia ouvido antes, eu não tinha mais nada a perder. Ele veio até mim, caminhando em passos largos, colocou o dedo em minha testa, e eu novamente fui puxado. Acordei todo suado,agarrado ao travesseiro. 2:00 hrs da manha. Era fato. A guerra iria começar.

------CONTINUA------


"Doce senhora da lamentação, magestosa fada da escuridão, ouça o meu chorar de sangue. A ti confesso minha agonia, obscura criatura quem me ama na noite e me mata na luz do dia"
(anonimo)


Guuh ϟ Samptos

 
Autor
Guuh
Autor
 
Texto
Data
Leituras
687
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 12/10/2012 20:18  Atualizado: 12/10/2012 20:18
 Re: O Cálice de Sangue e Estranho Mundo Noite
Me interessei pela continuação....acho que ainda verei aqui o anjo com toque de amor....não digo clareando a escuridão...gosto da noite....mas dando-lhe o sentido da vida...este amor que vive tão forte aí....beijo a ti.