https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

prazer prosaico de te ler transversal mente

 



quando te atravesso
e te fulmino

num só pensamento
não imagino

agarro te em mim

e assim dissemino
uma vontade sem fim

mas não determino
deixo tudo acontecer

és assim como um livro
que acabo de ler

por puro prazer


 
Autor
uersus
Autor
 
Texto
Data
Leituras
813
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 02/12/2012 23:48  Atualizado: 02/12/2012 23:48
 Re: prazer prosaico de te ler transversal mente
Gostei imenso destes seus versos retratando assim um ser mais observador independentemente do contexto...há situações que é melhor assim, observar...agir/não agir, o contexto é que vai mandar...Criativa mensagem!
Quis devanear assim no seu cantar.
Abraços
maria