https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

instantânea e marginal mente a jusante

 


retirei me
para a outra margem
sabes
porque não sei
se a corrente vai dar
à foz

acho que alguém construiu
uma barragem
entre linhas
e nós
e curvas do rio

e eu estou a montante a todo o instante


 
Autor
uersus
Autor
 
Texto
Data
Leituras
818
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
2
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 09/12/2012 17:02  Atualizado: 09/12/2012 17:02
 Re: instantânea e marginal mente a jusante
olá

compreendo-te

na dimensão do cansaço, estou de saída

tive muito gosto!

Sorriso para ti e bjs