https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

canto solfejado em noite de lua cheia de agosto

 

quero cantar me na noite
de lua cheia e sem ti
sem que a ternura pernoite
como um amor que eu perdi

quero cantar no escuro
como cego como vou
nem quero ver como é duro
o quão perdido que estou

quero cantar mas sem voz
para dizer que não vejo
não ouço e só lamento
o que foi feito de nós
que me ataram solfejo
de te ter me sentimento


 
Autor
uersus
Autor
 
Texto
Data
Leituras
700
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
2
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 03/08/2012 15:21  Atualizado: 03/08/2012 15:21
 Re: canto solfejado em noite de lua cheia de agosto
Um canto triste baseado na ausência de um amor, mas que persiste em continuar assim:



quero cantar me na noite
de lua cheia e sem ti
sem que a ternura pernoite
como um amor que eu perdi

Abraços
Luzia

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 04/08/2012 01:12  Atualizado: 04/08/2012 01:12
 Re: canto solfejado em noite de lua cheia de agosto
*Esse teu estilo me fascina,as palavras dimensionam-se em significados e significantes ao teu bel prazer.
Aqui, um poema sensório, com analogias inteligentes, dentro desse 'de te ter me sentimento'.
Abraço-te com admiração
Karinna*