https://www.poetris.com/
 
Duetos : 

O sabor de dois num só

 
 
O Homem verdadeiro - não é um macho patético externamente...
Mas é aquele que tem sobriedade da mente sendo paciente...
Será um ombro de apoio em tudo, sempre que for preciso...
E consegue aquecer a alma, com seu mágico sorriso.

o Homem fraco – decora-se com lágrimas falsas...
E sempre chorando, derrama as suas queixas
Deixando todas flores descalças...
Culpando o mundo por tudo, porque todos são traidores
Nunca procurando em si a razão dos seus rancores

O homem forte jamais insultará uma mulher
quer esteja ausente quer face a face
usando o seu poder para a erguer ao altar
onde alcance toda a grandeza do seu ser
Porque tudo é verdadeiro - E sabe amar...

O homem forte apoia com actos e não com palavras vazias...
Enquanto o fraco oferece o bouquet das suas manias...
O forte ao ler esses versos, faz um poema porque entende
Que sem o amor da mulher, não há caminho à sua frente...

Por isso o homem pensa, sente e diz:

Sabes Mulher…
São de amor as flores que plantas no teu jardim
Cuidando desse lugar com a mesma entrega
Com que amas a vida em cada sinal de existência

São de beijos os amanheceres com que acordas
Nesta planície serena onde permaneces atenta
A quem desperta de braços estendidos para ti

São de sorrisos os raios de sol que irradiam
Desses teus lábios sempre dispostos a gritar
O nome de quem sentes carente do teu abraço

São de sonhos todos estes teus passos
Nesse caminho inocente onde vais buscar
Toda a verdade com que acreditas no amanhã

Sabes Mulher como é bom saber-te…


Bejinhos & abraços
Mademoiselle Scarlett

 
Autor
Mademoiselle Taty_Ana
 
Texto
Data
Leituras
649
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 26/03/2013 23:02  Atualizado: 26/03/2013 23:02
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9241
 Re: O sabor de dois num só
O homem deve ser a pilastra,/
Dar guarida as afetivas relações, /
Revelar com verdades suas paixões,/
E não usar nunca de falsos testemunhos,/
Ser o verso e nunca seus rascunhos,/
Está presente nas horas do sufoco,/
Ser amante quando a sena o provoque,/
E cão de guarda protegendo seu tesouro,/
No amor os dois tem valor de ouro,/
Cabe ao macho preserva-los sem desdém.//

Boa noite Taty, seus versos nos fazem refletir intensamente sobre o papel do homem na formação, e preservação da família, parabéns pelo seu envolvente poema, um grande abraço, MJ.

Enviado por Tópico
JPAnunciação
Publicado: 27/03/2013 02:37  Atualizado: 27/03/2013 02:37
Luso de Ouro
Usuário desde: 18/06/2008
Localidade: Évora / Lisboa
Mensagens: 250
 Re: O sabor de dois num só
Neste poema só posso agradecer a quem me deu inspiração para poder escrever estes versos e sobretudo sentir o amor que a Mulher nos deixa ao conceder-nos o prazer de a olhar de perto.. tão perto que nos sentimos próximos, juntos e fundidos.
Obrigado Tatyana por este momento único para mim que muito me agradou e agrada.
Venham mais... sempre mais... se o Universo nos permitir...

Um beijo grande,
JP