Poemas : 

fotograma à beira de um ataque de nervos

 
num rolo de super oito
negativo da Kodak
um fotograma muito afoito
já próximo de um achaque,
cogitava sobre contrastes e latitudes
do cinema e suas regras.

espantava-lhe tanta solicitude,
odiou as sombras negras
tons de cinza e neutro
rejeitou os highligths
todos brancos e muitos limpos

queria cores vivas
esquecer de tons pastel
produzir mais intensos matizes
efeitos inesperados,
nuances mais ativas


desapercebido da realidade
cruel foi seu destino
foi cortado e editado
passou a fazer parte
de documentário de auto ajuda,
a vigésima quinta imagem
de um rolo sobressalente.




20.06.2013


 
Autor
Zambrito
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1043
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
fotograma
Publicado: 20/06/2013 18:45  Atualizado: 20/06/2013 18:45
Colaborador
Usuário desde: 16/10/2012
Localidade:
Mensagens: 1473
 Re: fotograma à beira de um ataque de nervos
Jambrito, quem diria... rs

posta lá na casa do poeteiro lol

Enviado por Tópico
Onde_está_o_@mor?
Publicado: 20/06/2013 20:55  Atualizado: 20/06/2013 20:55
Membro de honra
Usuário desde: 25/05/2013
Localidade: Funcheira
Mensagens: 738
 Re: fotograma à beira de um ataque de nervos
As maquinas agora sao diz e tais, nã é? Tive de deitar a minha maqina de rolo fora por causa diso, era de 35mm
abraço