https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Escrito

 
Escrito
 
Hoje escrevi
Escrevi o que senti
Senti sem ti
Sem ti a meu lado
A meu lado uma almofada
Almofada vazia
Vazia como a companhia
A companhia que me faltava
Faltava a tua presença
Presença ausente
Ausente o beijo
Beijo sem lábios
Lábios distantes
Distantes os desejos
Desejos inebriantes
Inebriantes as ausências
Ausências marcantes
Marcantes as tuas mãos
Mãos que não sinto
Sinto o apertar do coração
Coração a afogar de solidão
Solidão asfixiante
Asfixiante ausência do toque
Toque do teu cabelo
Cabelo de faulha ardente
Ardente como tuas entranhas
Entranhas sedentas
Sedentas de mim
Como o meu corpo de ti.
Hoje escrevi
O que senti
No momento
Que te vi.


Marco Mendes

 
Autor
Marco061984
 
Texto
Data
Leituras
431
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.