https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

O Real do Teu Olhar

 
Com a lucidez refletida no espelho
Revela-se o contrário da imagem do ser
Ativando o real pela imensidão do brilho
A vaidade que o presente te faz escurecer

Pois distante do teu verbo não tão sereno
Já me encontro surdo neste amanhecer
Quando os sonhos noturnos em engano
Divergiam com a intuição do meu viver

Uma porta aberta, uma face em desalinho
Por juras em colapso, desnudam a realidade
Tornando o resto, refém de uma falsidade.

Livre do fusco do olhar, pela estrada caminho
Minhas feridas já secas, cicatrizes em liberdade
Pelo reflexo invertido que nos restitui a identidade


Murilo Celani Servo

 
Autor
murilocs
Autor
 
Texto
Data
Leituras
442
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
1
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 28/09/2014 01:11  Atualizado: 28/09/2014 01:11
 Re: O Real do Teu Olhar p/ Murilo
*são tantas as faces, como tantas as realidades que permeiam o olhar próprio.
assim como tantas vezes deparo-me ainda com um 'traço' ate então desconhecido.
gosto muito da tua escrita pelo o que suscita no meu imo.
interessante também , ao entrar no teu espaço, a riqueza dos títulos. sempre a escolha do titulo me leva um tempo, ultima coisa que faço ao escrever...
enfim, muito bom te ler.
beijoka*