https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Um estranho no espelho

 
Você ilustre leitor
Que me lê do outro lado ai
Mora há 30 anos nessa casca
E confesso que não sei quase nada de mim

Estou secando uma garrafa de vinho
E o álcool já invadiu minha corrente sanguínea
Ja me sinto mais ousado e corajoso
Estou mais leve e com um pouco de euforia

Papel e caneta, estou sozinho, momento ideal
Mas na hora da escrita me sinto travado
O tema me causa calafrios
Falar de mim mesmo é complicado

Releio, acho besteira, dou risada, me condeno
Jogo fora o que escrevo
Nova tentativa, pego pesado ao extremo
Sou um carrasco de mim mesmo

Me sinto como um homem
Que mora no mesmo lar a muitos anos
Mas apesar de ser o proprietário único
Não conheço nenhum de seus cômodos

Como posso pedir que você entenda
Que poucas vezes sou meu amigo
E que na maioria das vezes
Sou meu maior inimigo intimo

Que meu ser e personalidade
Foi forjado por traumas, derrotas e glórias
E que meu medo é um prisioneiro indesejado
Preso na minha masmorra psicológica

Sou feito de muitas metáforas
Paradoxos e contradições
Receita caseira cheia de avessos
Com uma grande pitada de interrogações

Nasci sem nenhum manual de instrução
No contrato arriscado que é a vida
Me sinto um rato num labirinto infinito
No qual minha morte é a única saída!

Samuel
25/10/2013

 
Autor
samuelk7
Autor
 
Texto
Data
Leituras
830
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
10
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 25/10/2013 23:28  Atualizado: 25/10/2013 23:28
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16066
 Re: Um estranho no espelho
Samuel
Criativo, interessante! Adorei a leitura! Beijos!
Janna



Enviado por Tópico
acalenta
Publicado: 25/10/2013 23:46  Atualizado: 25/10/2013 23:46
Colaborador
Usuário desde: 25/08/2010
Localidade:
Mensagens: 5385
 Re: Um estranho no espelho
Oi amigão Samuel!!!


É meu amigo sempre muito complicado falar de nós mesmo,mas você fez uma análise muito bem humorada,ficou joias seu texto.

abraço

acalenta


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 26/10/2013 00:36  Atualizado: 26/10/2013 00:36
 Re: Um estranho no espelho
Hum! Triste amigo eu já senti isto no meio de muita gente que me amava,mas faltava me amar, hoje eu sou meu grande amigo e me sinto bem comigo mesmo metade de mim é risos e a outra metade só alegria, e isso é contagiante.


Holmes


Enviado por Tópico
Volena
Publicado: 26/10/2013 21:13  Atualizado: 26/10/2013 21:16
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2012
Localidade:
Mensagens: 12513
 Re: Um estranho no espelho P/ Samuelk7
Ó Amigo Samuel, se não se ama a si próprio como pode amar os outros. e depois como se consegue ver do avesso se não se vê do lado direito, etc...Fiquei preocupada com essa falta de positívismo. Esse espelho deve estar baço e envelhecido Se quiser mando-lhe um dos meus, tá?

Olhe que estou a brincar consigo, já sabe que gosto da sua poesia e até achei muito bem escrita e de uma introspectiva interessante. Um abraço. Vólena