https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Noite de Amor

 
Sombrio me faz este amor imenso
Que às vezes penso, vai transbordar
E escorrer na rua e refletir a luz da lua
E se perpetuar, como tudo se perpetua
Se acabar em fogo, uma ardente chama

Talvez então este amor incandescente
Se vaporize em nossos corpos molhados
Pelo suor do sexo que mesmo sem nexo
Faz-nos tanto bem assim
É este nosso modo louco de amar

Em um rolar suave e delirante, os lábios instigantes
Quentes com palavras doces, tenros coloridos
A verter em suave fluídos, um flutuar de pluma, toques imprecisos
Gozo dolorido de tanto prazer
Que em gritos surdos explodem no ar.

Com a tua boca aberta geme como fosse fera abatida
Ruge com jeito felino e me olha feito criança
Perdida em sensações de ternura
Envoltos na louca loucura
Desta eterna noite de amor

Alexandre

 
Autor
montalvan
Autor
 
Texto
Data
Leituras
612
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 17/11/2013 19:26  Atualizado: 17/11/2013 19:26
 Re: Noite de Amor
Um poema intenso e verdadeiramente belo.

Apreciei a leitura.

Parabens!

Anggela