https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

DUVIDO

 
Open in new window


DUVIDO


A minha vida sem ter a ti, dor...
Não sei mais viver; nem tem mais sentido.
Disseste que me amavas, mas duvido.
Duvido que me tenhas mais amor...

Quem ama cuida, dá o seu calor,
Quem ama rega, dá amor florido,
Faz do amor um jardim tão colorido,
Duvido que tu me ames, sim senhor!...

Duvido que no amor tenhas renúncia,
Que seja o coração a tal denúncia:
Um amor pleno, amor assim verdadeiro...

Duvido que me tenhas por inteiro,
Aí por dentro de ti, um amor eterno.
Duvido que a mim tenhas amor terno!...

SOL Figueiredo – 29 de janeiro de 2014 – 10h.

 
Autor
solfigueiredo
 
Texto
Data
Leituras
799
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Branca
Publicado: 30/01/2014 13:39  Atualizado: 30/01/2014 13:39
Colaborador
Usuário desde: 05/05/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 3026
 Re: DUVIDO
Perfeito Sol.
Amei ler tão lindo soneto.
Beijo.
Branca.