https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

ina. cabado

 
quando o preto é só um risco
a noite é sua perpétua contradição
invadindo os contornos
moldando o que se apaga
voce é a faca
nunca morre
só arruma novo argumento

mais jovem, mais intensa
aqui.agora
sua lembrança começa em meus braços
(o único silencio sou eu)

aconchegado em mim
inacabado
sorri o sorriso que me distorce
(lá no fundo) sabes...
quando se fôr
... já não precisas pensar em mim

já não haverá mais nada a dizer
pela metade...



Vania Lopez


Devo confessar que sou o contrário, meus passos seguem em contrário.
Sou uma pessoa inquieta, vou onde meu vento me leva. Artista Plástica e escritora, as vezes sem saber se pintoraqueescreve ou escritoraquepinta...
Procuro por algo, mas a intenção n...

 
Autor
Vania Lopez
 
Texto
Data
Leituras
962
Favoritos
4
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
62 pontos
30
0
4
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 16/03/2014 03:31  Atualizado: 16/03/2014 03:31
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16195
 Re: ina. cabado
Parabéns Vania
Profundo! Belo! Apreciei a leitura!
Beijos!
Janna


Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 16/03/2014 03:36  Atualizado: 16/03/2014 03:36
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9305
 Re: ina. cabado
Boa noite Vania, sua personagem se apossa de um sentimento furta cor, que se adapta a cada circunstância, sem precisar ser revogado para alocar outro serviente em seu lugar, parabéns pelo contundente poema, Mj.


Enviado por Tópico
RayNascimento
Publicado: 16/03/2014 03:46  Atualizado: 16/03/2014 03:46
Membro de honra
Usuário desde: 13/03/2012
Localidade: Monte Roraima - Brasil
Mensagens: 6404
 Re: ina. cabado
Melodioso sentir,
Onde dum risco se faz uma frase
Na imcomplectude de um poema ina.cabado.

Ray Nascimento
Open in new window


Enviado por Tópico
Betha Mendonça
Publicado: 16/03/2014 05:00  Atualizado: 16/03/2014 05:00
Colaborador
Usuário desde: 01/07/2009
Localidade:
Mensagens: 6741
 Re: ina. cabado
Vania querida,
Sempre deliciosa leitura.
Poema forte, desconsertante.
Inacabada a tua divina verve.
Bjs


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 16/03/2014 11:08  Atualizado: 16/03/2014 11:08
 Re: ina. cabado
cheguei, espreitei, li, sorri, parti e......voltarei. parabéns, Vânia.


Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 16/03/2014 12:00  Atualizado: 16/03/2014 12:00
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 11186
 Re: ina. cabado
Vânia querida,
Arrasaste!
Bj
Nanda


Enviado por Tópico
rosafogo
Publicado: 16/03/2014 15:11  Atualizado: 16/03/2014 15:11
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2009
Localidade:
Mensagens: 9599
 Re: ina. cabado
Eu li muita saudade nele,
antevisão de sofrimento e saudade a partir da hora presente.

Beijinho grande
querida Vania


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 16/03/2014 16:40  Atualizado: 16/03/2014 16:40
 Re: ina. cabado
*vocifera intimo silencio
um amor, uma dor partida
inteiros se repartem
e sempre fica um pouco de nos
no traço inacabado da vida...

Fada, tua arte transcende.
Amo.
Beijoka*


Enviado por Tópico
quidam
Publicado: 16/03/2014 16:47  Atualizado: 16/03/2014 16:47
Colaborador
Usuário desde: 29/12/2006
Localidade: PORTIMÃO
Mensagens: 1438
 Re: ina. cabado
um silêncio que também é meu... a outra metade também é minha e que eu levo comigo... beijo


Enviado por Tópico
RaipoetaLonato2010
Publicado: 16/03/2014 19:03  Atualizado: 16/03/2014 19:03
Colaborador
Usuário desde: 13/03/2010
Localidade: Paulínia-SP
Mensagens: 2674
 Re: ina. cabado
'sua lembrança começa em meus braços
(o único silencio sou eu)'

Enigmática, a própria poesia é náufraga.Fecha teus olhos cheios d'água.


Enviado por Tópico
sommerville
Publicado: 16/03/2014 22:15  Atualizado: 16/03/2014 22:15
Colaborador
Usuário desde: 21/08/2011
Localidade: Porto, Portugal
Mensagens: 1004
 Re: ina. cabado Vania
ina. cabado ou não, creio que o ser que amamos sabe sempre muito mais de imaginamos... sabe o equivalente a dois num só ... e ainda que não haja céus completos, ou que todo o azul seja incompleto porque a visão nunca o enchergará pelo todo - tal a sua dimensão em imensidão... ainda assim "tudo começa nos braços-berço" do universo, esse universo que quis e quer que se faça poesia ... iluminante!...
Beijos
Levo


Enviado por Tópico
MarySSantos
Publicado: 16/03/2014 23:22  Atualizado: 16/03/2014 23:22
Luso de Ouro
Usuário desde: 06/06/2012
Localidade: Macapá/Amapá - Brasil
Mensagens: 5282
 Re: ina. cabado
"já não há mais nada a dizer pela metade"... não eis que todo ele já se fez inteiro na lembrança...

e paro aqui, pra não fragmentar o encanto.

bjo.


Enviado por Tópico
MaryFioratti
Publicado: 17/03/2014 00:33  Atualizado: 17/03/2014 00:33
Colaborador
Usuário desde: 09/02/2014
Localidade:
Mensagens: 2400
 Re: ina. cabado
Da para entender em suas poesias porque
voce eh artista plastica. O artista tem
aquela sensibilidade que voce mostra em
todas as palavras.
Bonito. Intenso. Profundo. Quebra-cabecas,
e almas.
Beijos Vania!
*Mary*


Enviado por Tópico
Transversal
Publicado: 17/03/2014 21:14  Atualizado: 17/03/2014 21:14
Colaborador
Usuário desde: 02/01/2011
Localidade: Fortaleza - Lisboa
Mensagens: 3687
 Re: ina. cabado
"quando o preto é só um risco
sorri o sorriso que me distorce
pela metade"... e mesmo que não haja mais nada para dizer, ina.cabado, o único silêncio serás tu. Parabéns. Obrigado.


Agradeço-te


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 30/04/2014 13:17  Atualizado: 30/04/2014 13:18
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29310
 Re: ina. cabado
O silêncio é o argumento para que algo começa em abraços. Os sentimentos se dizem, se distorcem ao encontro de nossa outra metade. Lindo demais