https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Às voltas

 
Tags:  poema    luz    universo  
 
Quando escrevo por vezes penso
Que vou parir uma montanha
Que por ser tão tamanha
Será soprada pelos quatro ventos
Banhada pelos sete mares
Que irá na solas dos astronautas
Pisar novos mundos
Que por sistemas solares
E outros lugares profundos
Irá divagar
Como luz a se propagar
Que será para sempre
No espaço e no tempo
Na matéria e na memória
Que será vitória
Se fará rainha
Quando às guerras do Homem
Mostrar-se espada na baínha

Ah Deus, Deus, chego a chorar de emoção
Quando penso, por momentos, ter um poema assim na mão
Quando sinto andar às voltas a chave do Universo
E não esta folha em branco, sem um traço, sem um verso
 
Autor
TrabisDeMentia
 
Texto
Data
Leituras
1215
Favoritos
4
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
56 pontos
16
4
4
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 04/04/2014 02:01  Atualizado: 04/04/2014 02:01
 Re: Às voltas
E como divagamos nos versos, como viajamos nas linhas, um poema é um mundo todo dentro de nós, muito belo!


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 04/04/2014 09:39  Atualizado: 04/04/2014 09:39
 Re: Às voltas
um poema como este brilha em grande no universo da alma de cada leitor. parabéns, trabis.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 04/04/2014 19:02  Atualizado: 04/04/2014 19:02
 Re: Às voltas
A poesia é nosso mundo secreto nela somos o queremos ou apenas ser ou o que somos sem ninguém saber ou basta nos ler e viajar as voltas conosco mesmo.

Holmes


Enviado por Tópico
sommerville
Publicado: 04/04/2014 19:20  Atualizado: 04/04/2014 19:21
Colaborador
Usuário desde: 21/08/2011
Localidade: Porto, Portugal
Mensagens: 997
 Re: Às voltas - Trabis
Trabis:

Confesso que não só as mudanças introduzidas no site são excelentes, valorizando-o, mas mantendo sempre aquilo a que chamo a face do Luso-ou sua imagem de marca-assim como, o papel activo e dinamizador do Trabis, postando e comentando, transmite aos membros um imprescendível estímulo.Meus parabéns e agradecimentos.

Quanto ao poema, é um dos melhores que li nos últimos dias no site,e,na verdade, é um grande poema em qualquer tempo. Renovados parabéns.

Favorito.

Bom fim-de-semana.

Abraço.


Enviado por Tópico
MarySSantos
Publicado: 04/04/2014 19:24  Atualizado: 04/04/2014 19:24
Luso de Ouro
Usuário desde: 06/06/2012
Localidade: Macapá/Amapá - Brasil
Mensagens: 5282
 Re: Às voltas
parir um poema inovador, que não tivesse apenas beleza, mas que trouxesse inovações
respondendo a muitas perguntas que nunca foram respondidas em suas totalidades...

parir uma montanha... você está sendo ambicioso Trabis. se eu parisse apenas uma semente, mas que dela saisse inumeras e boas ramificaçõe, já ficaria satisfeita.

gostei deste. o polegar vai ficar pra cima. ;)



Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 04/04/2014 23:16  Atualizado: 04/04/2014 23:16
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9230
 Re: Às voltas
Boa noite poeta, o dinamismo cibernético nos deixa com a impressão que os nossos escritos podem ganhar o mundo, e reluzir em diferentes partes do universo, parabéns pelo seu eloquente poema, um forte abraço,MJ.


Enviado por Tópico
MaryFioratti
Publicado: 05/04/2014 21:36  Atualizado: 05/04/2014 21:36
Colaborador
Usuário desde: 09/02/2014
Localidade:
Mensagens: 2376
 Re: Às voltas
Que beleza de divagacao, Trabis.
Tocou-me profundamente este sentimento
que todos nos temos,diante da imensidao
de um poema (dentro de nos) e a folha
em branco.
Muito bonito.
Abracos
*Mary*


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 03/04/2015 17:19  Atualizado: 03/04/2015 17:19
 Re: Às voltas
Excelente!