https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

Tempos de Outrora II

 
Nem sempre saberei reconhecer,
Nós éramos felizes com tão pouco.
Bastava para nós algum saber…
Algum artesanal brinquedo louco.

Sinto o aroma das flores mais airosas,
Intransigente sem saber de mim,
Das amoras nos campos, deliciosas,
Dos canteiros com cheiros de jasmim.

Domingos eram dias especiais;
Sapato domingueiro e tudo mais,
Roupinha nova sempre bem guardada.

Que Lembranças eu tenho daquele tempo,
Quando um bailarico era então evento!
Tudo isto, é só saudade, que me enfada!


 
Autor
Cecília Rodrigues
 
Texto
Data
Leituras
751
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
7 pontos
4
2
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martims
Publicado: 22/05/2014 22:04  Atualizado: 22/05/2014 22:04
Colaborador
Usuário desde: 12/08/2013
Localidade:
Mensagens: 6797
 Re: Tempos de Outrora II
Uma saudade guardada em noso olhos que ainda outrora seu encantos. Tempos que não voltam mais


Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 23/05/2014 03:33  Atualizado: 23/05/2014 03:33
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16203
 Re: Tempos de Outrora II
Poetisa
Soneto saudosista! Adorei a leitura!
Beijos!
Janna