https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Saudade : 

liberto os poemas...

 
pensei queimar todas as folhas
há só um senão
nada restará, nem o sonho
que ainda ouço de noite às vezes,
que a seu tempo acabará
quando a respiração for sustida
ao final desta alameda que é a vida
aos poemas dou nova oportunidade
retiro a condenação,
mas há um senão
que faço da saudade?
poemas ilusões por mim geradas
fazem parte de mim mesma
são mais fortes que todas as razões
são minha carne, meu pão
meu prazer, minha paixão
ilusões? pois que sejam ilusões!

o bálsamo com que mitigo a dor
o azevinho com que enfeito o natal
a quietude e o vendaval
a corda que me prende ao cais
custa-me a acreditar
que os queimaria e não os sentiria vivos
jamais...
vou mantê-los em liberdade
como o perfume das flores pela campina
e dizer-lhes da minha saudade
desse tempo de menina.

as flores encherão a terra
os versos flutuarão alheados ao tempo
só o eco da adolescência passada
virá ao ouvido ainda
derradeiro eco
neste poema que finda.

natalia nuno
rosafogo




Na plenitude da felicidade, cada dia é uma vida inteira.
Johann Wolfgang Von Goethe



 
Autor
rosafogo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1268
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
47 pontos
13
5
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
saraabreu
Publicado: 26/06/2014 21:04  Atualizado: 26/06/2014 21:04
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2014
Localidade:
Mensagens: 2423
 Re: liberto os poemas...
Ah uma canção levezinha Natália aonde se percebe a primavera que já se foi e que não volta mais, por isso saudade, saudade...um sentimento que aflora em certas horas da vida.

Abraço
Luzia


Enviado por Tópico
rosa-branca
Publicado: 26/06/2014 21:37  Atualizado: 26/06/2014 21:37
Colaborador
Usuário desde: 24/05/2010
Localidade:
Mensagens: 739
 Re: liberto os poemas...
Olá Rósinha, mais um maravilhoso poema enleado na saudade e nostalgia. Amei demais. Beijos com carinho


Enviado por Tópico
Gyl
Publicado: 26/06/2014 21:58  Atualizado: 26/06/2014 21:58
Membro de honra
Usuário desde: 08/08/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 12601
 Re: liberto os poemas...
Conheço poucas pessoas que tem o talento que a poetisa amiga tem. É um bailar de palavras, uma nostalgia bonita, uma estética impecável e uma dor contida que cabe em todos nós, amantes da boa leitura. Sempre que posso venho dá uma bisbilhotada no artesanato da amiga. Um beijo meu que chegue aí. Valeu, Natália!


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 26/06/2014 23:57  Atualizado: 26/06/2014 23:57
 Re: liberto os poemas...
Sonhos que se buscan na saudade onde as palavras se flutuam numa ótica que os versos se ecoam nas essências das flores, nos ferfumes da liberdade.

um encanto de poema


Enviado por Tópico
Liliana Jardim
Publicado: 07/07/2014 01:55  Atualizado: 07/07/2014 01:55
Luso de Ouro
Usuário desde: 08/10/2007
Localidade: Caniço-Madeira
Mensagens: 4449
 Re: liberto os poemas...
Ola Natalia

Sonhos, saudades dançando nas tuas palavras feitas poemas

Gostei poetisa...ao tempo que não te lia...

Beijinhos


Enviado por Tópico
Volena
Publicado: 08/07/2014 14:48  Atualizado: 08/07/2014 14:54
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2012
Localidade:
Mensagens: 10663
 Re: liberto os poemas...P/rosafogo
Lindo o seu poema!!! Como é bom por vezes ir até às nuvens são tão fofas e brancas, quando caímos é por distracção mas geralmente aparecem as asas protectoras que nos poisam e caímos de pé, sim é certo, fazemos umas contusões que doem para sempre, mas estamos vivos é só ter Fé e orar... Abraço afectuoso. Vólena


Enviado por Tópico
GlóriaSalles
Publicado: 08/02/2015 04:31  Atualizado: 08/02/2015 04:31
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2008
Localidade: Flórida Pta-SP
Mensagens: 2514
 Re: liberto os poemas...
Teu poema tem cheiro de flor.
Sentido, entretanto suave.

Meu carinho
Open in new window