https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

Tanto ódio e pouco amor.

 
Na vida como nas guerras,
Estás sujeito aos inimigos.
Sujeitas-te a perder terras,
E a perder entes queridos.

Na vida havendo guerras,
Estás sujeito a muitos perigos.
A viver escondido nas serras,
E a ver desaparecer amigos.

Viver a vida em guerras,
É como se fosse um castigo.
Tu choras, gritas e berras,
E outras coisas que eu não digo.

Se vives a vida em guerras,
Segues por um mau caminho.
E só compreendes que erras,
No dia em que te vês sozinho.

zeninumi 28/1/2008


zeninumi.

 
Autor
zeninumi
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1860
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
9 pontos
1
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
jessé barbosa de oli
Publicado: 28/01/2008 14:29  Atualizado: 28/01/2008 14:29
Da casa!
Usuário desde: 03/12/2007
Localidade: SALVADOR, Bahia
Mensagens: 334
 Re: Tanto ódio e pouco amor.
CONCORDO PLENAMENTE. QEUM HASTEIA O ESTANDARTE DO BELICISMO, COLHERÁ O FRUTO DO CREPÚSCULO. É O QUE ACONTECERÁ COM O IMPÉRIO DOS EUA, AINDA QUE SEJA DAQUI A MUITAS DÉCADAS OU POUCOS SÉCULOS.
PARABÉNS POR SEU SÁBIO POEMA.