https://www.poetris.com/
 
Frases e Pensamentos : 

O bichinho de estimação de Lord Barkerville

 


"Rio carrega rolos de água, não leva leite nem fluxos de pura luz extraída das escalas de energia. Serpente rastejando corta a cidade varrendo as silhuetas dos passantes refletidas no espelho. Como fino pincel rompendo a linha curva da sobrancelha, o traço de rímel vai ficar fantasmagoricamente preto, contrastando à luz solar e névoa das charnecas escocesas frequentadas pelo cão do demônio rugindo de sono no frio deste inverno letal. Aquele, diriam alguns, apenas um bichinho de estimação de Lord Baskerville, usando fato de linho acariciando o verão. não mais que isso.
Pois bem. Recapitulando, temos ainda que quando as plantas fantasmagóricas do pântano rompem a linha de rímel dos olhos pretos a nevoa se vai e o sol surge na charneca possibilitando que o cão saia a passear com seu dono. Ou sem ele, aos murmúrios abafados. Se bem que não carrega sozinho a sacolinha para recolher dejetos. Obrigatória por lei em alguns lugares. Em outros, nem tanto. "

 
Autor
FilamposKanoziro
 
Texto
Data
Leituras
476
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
33 pontos
1
4
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 25/11/2015 03:52  Atualizado: 25/11/2015 03:52
 Re: O bichinho de estimação de Lord Barkerville
Ainda bem que as leis que regem as nações de certa forma diferem na flexibilidade.