https://www.poetris.com/
 
Resenhas : 

Um Conto De Tempo & Areia- Romance de Fátima Abreu- Fatuquinha

 
Tags:  tempo    romance    família    história    guerras mundiais  
 


INTRODUÇÃO:


Gaston Verne continuava internado no sanatório para onde foi levado após atirar em seu tio em março de 1886... Contava 48 anos agora. Havia já se passado 22 anos, desde o acontecido.
Até então, não sabia da existência de seu filho com Irina.

Julio Verne ficou coxo por um dos tiros que recebeu, por 19 anos até sua morte.
Não chegou a assistir ao Grande conflito mundial, pois havia falecido por diabetes, em março de 1905, na cidade de Amiens, França.
Agora fazia 3 anos de sua morte.

O ano era 1908:
Irina seguia a vida com seu atelier de costura, onde seu filho era gerente:
Já era maior de 21 anos. Irina passou a gerência para ele, ficando apenas com a criação e produção dos vestidos e chapéus.

Irina era uma senhora de 38 para 39 anos agora, mas, permanecia com o frescor da juventude, sem cabelos brancos ou rugas.
Não havia quem lhe desse essa idade, aparentava tranquilamente ter 10 anos a menos.

Despertou então o interesse de um advogado viúvo: Monsieur Gerard Michel Leon.
Irina morava na mesma cidade que ele: Nantes, desde que voltou de Paris (quando soube estar grávida, um mês depois de seu retorno ao litoral)...

Indicaram o atelier de Irina para que ele levasse sua única filha Lídia, recém chegada de Paris (onde esteve desde a morte de sua mãe), para fazer um novo vestuário. Teria de ser mais adequado ao clima do litoral e menos sofisticado do que na capital.
Resultado: Gerard apaixonou-se à primeira vista por Irina.
Ficou encantado com tanta leveza, em uma dama moradora do litoral.
Esperava encontrar ali, uma senhora grisalha de seus 60 anos e rabugenta (assim era a maioria das proprietárias de Casas de Alta Costura em Paris)...


Continua no livro...

Fátima Abreu

 
Autor
FátimaAbreu
 
Texto
Data
Leituras
684
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.