https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Cosmovisão

 
Cosmovisão
 
Um homem sozinho
(guardado em si)
Olha o céu e suas estrelas;
É um abismo
Que olha o outro.
É o presente olhando
O passado.
É a repetição de séculos
Diante do insondável.
São sólidas solidões
Se encarando.
Um homem que olha estrelas
Nunca é o mesmo que as vê depois.

(Danclads Lins de Andrade).


 
Autor
Danclads
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1154
Favoritos
5
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
61 pontos
7
7
5
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 01/03/2015 01:47  Atualizado: 01/03/2015 01:47
Membro de honra
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 17855
 Re: Cosmovisão
uma concreta solidão, sem ser a mesma. obrigada. bjs


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 01/03/2015 09:31  Atualizado: 01/03/2015 09:31
 Re: Cosmovisão
Momentos que nosso corações chora os instantes tristemente, um vazio onde a solidão se faz presente na alma


Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 01/03/2015 22:06  Atualizado: 01/03/2015 22:06
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 18112
 Re: Cosmovisão
Parabéns Poeta

Um homem que olha estrelas
Nunca é o mesmo que as vê depois.



Bela reflexão! Beijos!
Janna


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 15/04/2015 00:49  Atualizado: 15/04/2015 00:59
 Re: Cosmovisão
para mim sua afirmação é incontestável.


ઇઉ eusouvc