https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Fantasia : 

Bandolim

 
Tags:  música    barco    som    Guanabar  
 
Open in new window


Bandolim

Na Guanabara um barco a vela navegava
Em noite clara do meu barco eu avistei
E ao som do bandolim que alguém tocava
Com tanto ardor que no ato me encantei

Ouvi a voz de alguém que acompanhava
Numa canção que trazia uma desilusão
Então cantando esta pessoa reclamava
Da sua sofrida e tão amarga solidão

E com meu barco aproximando falei
Que eu estava nesta mesma situação
E neste dia fui feliz pois encontrei
Alguém que veio alegrar meu coração

E ao som do bandolim nós entoamos
A mais sublime e divinal composição
E foi aí que um casal então formamos
A mais perfeita e invejável união.

jmd/Maringá, 07.04.15

Poema inspirado na melodia "SERENATA" de Vicente Celistino.


verde

 
Autor
João Marino Delize
 
Texto
Data
Leituras
455
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.