https://www.poetris.com/
 
Textos : 

...Urbanóides*...

 
Open in new window
Saí pela porta a fora trancando um mundo lá dentro.
Caminhei pisando firme encalcando os passos para que todos seguissem minhas pegadas. Devolvi o sorriso para os letreiros e deixei que os prédios me engolissem inteira!
De mãos dadas com a contramão me esbarrei num sorriso antigo e saudoso. Diante de todas as testemunhas encontrei meu coração perdido na selva e feliz, atestei que ele ainda batia forte como um abraço, quente como uma boa xícara de café com amigos!
Volto para casa apressada, sou também esse sangue que corre nas veias da cidade. Acompanhada pelo jazz tocado na calçada, destacada por entre as buzinas e as conversas alheias - não posso me sentir só.
Meu mundo volta a ser virado do avesso, enquanto meus gatos me esperam aninhados sobre o cobertor.
Tiro a maquiagem e junto a lente que me conecta às minúsculas partículas que vibram em consonância com o Universo.
Agora que faço novamente parte do caos...
Posso dormir em paz!

* Dedicado ao meu grande amigo Paulo que encontrei perdido na Paulista. Indescritível a felicidade de abraça-lo novamente e saber que mesmo longe dos olhos,a amizade continua a vibrar na mesma sintonia!


Sou apenas o que sou, não o que esperam que eu seja...

escrito em 04/08/2012
 
Autor
VCruz
Autor
 
Texto
Data
Leituras
2919
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
33 pontos
9
4
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 04/05/2015 17:11  Atualizado: 04/05/2015 17:11
Luso de Ouro
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 18112
 Re: ...Urbanóides*...
Parabéns Poetisa
Perfeito! Beijos!
Janna


Enviado por Tópico
Transversal
Publicado: 04/05/2015 18:18  Atualizado: 04/05/2015 18:18
Membro de honra
Usuário desde: 02/01/2011
Localidade: Lisboa (a bombordo do Rio Tejo)
Mensagens: 3755
 Re: ...Urbanóides*...
o caos, o Universo, as trancas, (claro) o coração. Sabes Valéria tu tens esse dom, o de em meia dúzia de palavras dizeres tudo, expondo-te, "Meu mundo volta a ser virado do avesso", e que mal há nisso?
Nenhum.Que seja a felicidade.
Bravo.
Obrigado.

Agradeço-te


Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 11/05/2015 13:39  Atualizado: 11/05/2015 13:39
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 10200
 Re: ...Urbanóides*...
Bom dia Vcruz, teus versos enredam uma personagem que sai do conforto do lar, e mergulha de corpo e alma nas aventuras urbanas, e sente prazer em ser fração desta grande aventura, parabéns pelo redundante poema, eu te desejo uma semana de muita paz, um abraço, MJ.


Enviado por Tópico
Volena
Publicado: 22/05/2015 10:52  Atualizado: 22/05/2015 10:52
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2012
Localidade:
Mensagens: 12485
 Re: ...Urbanóides*...
Um expressivo texto sobre os urbanos que afinal somos quase todos com os nossos caos...mas também felicidade. Abraço Vólena

Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 05/07/2015 19:46  Atualizado: 05/07/2015 19:46
Membro de honra
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 17842
 Re: ...Urbanóides*...
gostei que até roubei. vim dizer. bjs

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 02/02/2016 12:55  Atualizado: 02/02/2016 12:55
 Terra de Vera-Cruz
muito bom