https://www.poetris.com/

 
(1) 2 »
Offline
VCruz
CIÊNCIA
Provocantes adagas sensoriais singrando como ondas, retalham o sentido do infinito pela metade e...
Enviado por VCruz
em 22/05/2015 01:37:10
Offline
VCruz
...Urbanóides*...
Saí pela porta a fora trancando um mundo lá dentro. Caminhei pisando firme encalcando os passos...
Enviado por VCruz
em 04/05/2015 15:15:38
Offline
VCruz
EXÍLIO DE VIDRO
Exangue contrita mãos aflitas entrelaçadas um resumo de preces sussurradas em vitral uma imag...
Enviado por VCruz
em 01/12/2014 00:27:44
Offline
VCruz
REFRÃO
(Tela em acrílico de Selma Jacob) “as palavras me dissipam, não morro de verdade. tomo o lugar ...
Enviado por VCruz
em 13/11/2014 01:59:18
Offline
VCruz
RASCUNHO
As palavras traziam cores, sons e madrugada. Invadia desejos secretos lugares poéticos, paria a...
Enviado por VCruz
em 31/10/2014 17:35:47
Offline
VCruz
ASPAS
Como uma flâmula ardendo, condenada, feito argumentos imprecisos mas enfileirados, um tudo, ...
Enviado por VCruz
em 12/10/2014 02:51:09
Offline
VCruz
HAIKAI DE INVERNO (1)
Espessa camada gélida Transparente Fim do poço
Enviado por VCruz
em 03/08/2014 16:18:17
Offline
VCruz
HOMENAGEM [SINGELA] PARA VANIA LOPEZ
Passei três dias tentando te fazer uma surpresa Escolhi uma poesia sua das mais amadas Achei que...
Enviado por VCruz
em 29/07/2014 23:53:54
Offline
VCruz
DUETO: Uma beleza que caçoa, muito além da janela
Quando Nova York fica silenciosa E a vida sobra no prato Morrendo aos poucos, de amor aos dias A ...
Enviado por VCruz
em 21/07/2014 10:01:16
Offline
VCruz
BORBULHAS
Depois de desarrumar o sorriso no rosto, pensei ter visto minha face borbulhando na lua. Estava ...
Enviado por VCruz
em 20/07/2014 13:53:59
Offline
VCruz
IMACULADA
Imaculada em teu silêncio Um pouso leve sobre a pele Carícia d’um olhar que me fatia Ora doçura...
Enviado por VCruz
em 07/07/2014 19:06:31
Offline
VCruz
HORIZONTE ENCADERNADO
Retalhos cingidos em letras sufocadas Manto de estrelas e enluarados suspiros Tênue é a linha C...
Enviado por VCruz
em 05/07/2014 12:45:09
Offline
VCruz
AOS GOLES
Talvez seja fácil reconstituir... Foi naquele setembro. Lembro-me como se pudesse toca-lo hoje, ...
Enviado por VCruz
em 03/07/2014 09:47:57
Offline
VCruz
SEMENTE
Ainda vejo aqui nestas paredes a tinta do nosso suor. Azulejos delatores de felicidade e solidão...
Enviado por VCruz
em 21/06/2014 15:06:12
Offline
VCruz
DUETO: Num vestido colado (de emoção) como uma luva
as palavras, traziam cores, sons e madrugada invadia desejos secretos, lugares poéticos (quase i...
Enviado por VCruz
em 17/06/2014 23:45:31
Offline
VCruz
PAISAGEM
Parada. Não que estivessem sem movimento, mas inerte, hibernada nos meus musgos no meio da praça...
Enviado por VCruz
em 15/06/2014 13:20:14
Offline
VCruz
DESEJO
Guardo na gaveta o relógio e o tempo. Forçosamente a vida me faz medi-la pelas escusas, pelos ca...
Enviado por VCruz
em 10/06/2014 02:06:24
Offline
VCruz
SIM, ACEITO ESCREVER CONFIDÊNCIAS EM GUARDANAPOS [1]
Tão urgentes, apaixonados sem prudências - rabiscamos nossos corpos, as paredes, as folhas dos ...
Enviado por VCruz
em 08/06/2014 18:22:27
Offline
VCruz
DESATINOS
Já provei do improvável e sobrevivi à fúria e as delícias das quimeras. Aprendi sobre a mitologi...
Enviado por VCruz
em 03/06/2014 03:19:57
Offline
VCruz
REMENDOS
Sobre a chuva Coleciono o orvalho nos meus olhos. Lava o pátio e o porão, como se depois, tudo ...
Enviado por VCruz
em 30/05/2014 00:40:01
(1) 2 »