https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

SEGREDOS

 
Tags:  paixão    desejo  
 
E era tanto,
Tudo que estava escrito
Tudo que dos dedos
Te escorria como canção.
Era a palavra em ti calada
Revelar do olhar...Era paixão
Era música de amor no silencio
Arrepio da pele...Era emoção
Era minha ânsia de amar
Em tua sede de infinito
Era o que não se perdeu
Mas que nunca foi dito.

(Rita São Paulo)

 
Autor
RitaSãoPaulo
 
Texto
Data
Leituras
556
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 18/05/2015 11:32  Atualizado: 18/05/2015 11:32
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29799
 Re: SEGREDOS
São esses momentos desvendado naqueles instantes onde nossos corpos se oferem um ao outro no mais deliciso desejo, que a essência do prazer se enatece prazerosamente.

delicuia de poema