https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Desapareço

 
Dissolvo no teu abraço
Como uma ínfima gota de nada
num vasto oceano de infinidade
[Your scent remembers me of
almost perfect and forgotten days]

Dizes-me que nunca foste mais tu mesmo
Do que o quanto és tu mesmo comigo
Que todas as tuas doces palavras
Eram tanto mais doces porque deveras
Querias nada que não a mim encantar
E tão pouco foi tempo que me pergunto
Se não te conheço senão há uns dois
- ou duzentos - anos

Mas são só poucos meses
Duma vida em que da própria vida
a mim me privei
[Ou do que quer que lá fora chamem vida]

Privei-me do todo e escondi-me nos detalhes
Nos cantos da tua boca que me sorri
E da valsa que dança em par com os olhos
Dum castanho onde bate a luz como
lustre num espelho

Escondi-me do mundo nos detalhes
do teu corpo
Nas curvas da tua pele morena que, morna,
No contato com minhas mãos gélidas,
Produz senão espécie de choque que
ainda mais nos junta
E a luz do sol que contra teu tórax
nu - transforma-o em paraíso
[sweet clouds to lay on]

Lá fora, o mundo é uma cadeia
De incessantes aconteceres e de
dias sem termo
A tarde vira noite e nosso tempo
vai-se esgotando
O sol ilumina a estrada que dá em
todas as cidades do mundo
Eu sinto tuas mãos quentes e, por abrupto,
já não preciso de sol nem de mundo

Preciso só dum lugar calmo e duma
dose de horas
Preciso d'algumas palavras e do
teu corpo - onde deito e me isento de dor
Onde me consertas e me preparas
Onde me acomete o sono despretensioso
Adeus, ansiedades; adeus, odioso tédio

Conduzo minhas mãos através de ti
Como se deve conduzir barcos em meio à maré
E deixo que me atravesse, a inocência
O tempo passa e já não me diz respeito quase nada
Que não a necessidade de a ti
conquistar em inteiro
E ao teu amor, e à tua atenção
Até que o fortuito ouse separar-nos.

 
Autor
thiagopontesneto
 
Texto
Data
Leituras
312
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
2
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 23/07/2015 00:26  Atualizado: 23/07/2015 00:26
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16676
 Re: Desapareço
Poeta
Belo e sentido! Adorei!
Beijos!
Janna

Enviado por Tópico
Peta
Publicado: 23/07/2015 14:30  Atualizado: 23/07/2015 14:30
Colaborador
Usuário desde: 24/06/2015
Localidade: Lisboa
Mensagens: 672
 Re: Desapareço
Lindo poema, apreciei a leitura.
abraços, Peta.