https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

(como uma janela sem asas)

 
nessa noite todos os carros são iguais
assombrando as ruas que passam
de pó e desamparo
o amor morre sem companhia
perdido perdido
para sempre calmo
passeia na boca de todos

já sem nada
nossa tristeza nunca mais ficou em dia.




Vania Lopez


Devo confessar que sou o contrário, meus passos seguem em contrário.
Sou uma pessoa inquieta, vou onde meu vento me leva. Artista Plástica e escritora, as vezes sem saber se pintoraqueescreve ou escritoraquepinta...
Procuro por algo, mas a intenção n...

 
Autor
Vania Lopez
 
Texto
Data
Leituras
1875
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
55 pontos
13
13
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Volena
Publicado: 22/08/2015 12:44  Atualizado: 15/12/2015 11:52
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2012
Localidade:
Mensagens: 12514
 Re: (como uma janela sem asas)P/Anggela
MUITO BONITO, AMIGA!
Muito bem de facto as janelas não têm asas, nas quem as utiliza para voar e deixar a tristeza em casa, é maravilhoso, voe e venturas, beijinhos de afecto e um Santo Natal Vólena

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 22/08/2015 13:38  Atualizado: 22/08/2015 13:38
 Re: (como uma janela sem asas)
uma cena erma, uma alma que aguarda a primavera. parabéns, Vânia

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 22/08/2015 19:24  Atualizado: 22/08/2015 19:24
 Re: (como uma janela sem asas)
*Fada...esse sinto escrito na minha pele, a que envolve meu peito...
beijoka*

Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 23/08/2015 14:38  Atualizado: 23/08/2015 14:38
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9305
 Re: (como uma janela sem asas)
Bom dia Vania, depois de picado pela peçonhento a única solução é nos valermos do seu antídoto, parabéns pelos irreverentes versos, eu te desejo um domingo de muitas satisfações, um abraço, MJ.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 23/08/2015 17:08  Atualizado: 23/08/2015 17:08
 Re: (como uma janela sem asas)
Muito bonito Vania!

Parabéns!

Beijo,

Anggela

Enviado por Tópico
saraabreu
Publicado: 23/08/2015 18:51  Atualizado: 23/08/2015 18:51
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2014
Localidade:
Mensagens: 2423
 Re: (como uma janela sem asas)
Sem amor o tempo passa e não passa e tudo é in.diferente amiga:

"(como uma janela sem asas)"
bj

Enviado por Tópico
Paulo Gondim
Publicado: 09/09/2015 14:46  Atualizado: 09/09/2015 14:46
Colaborador
Usuário desde: 12/11/2007
Localidade: São Paulo (com o coração no Nordeste)
Mensagens: 552
 Re: (como uma janela sem asas)
Belo poema, parabéns!

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 09/09/2015 15:04  Atualizado: 09/09/2015 15:05
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29310
 Re: (como uma janela sem asas)
Nesse tempo não ouve mais o silêncio , algo que entra dentro de nosso ser indo pelas madrugadas onde a ternura e o desejo se encontram, que os sentidos passeiam na boca do alvorecer de uma prazerosa manhã de amor

Enviado por Tópico
RaipoetaLonato2010
Publicado: 18/10/2015 01:19  Atualizado: 18/10/2015 01:19
Colaborador
Usuário desde: 13/03/2010
Localidade: Paulínia-SP
Mensagens: 2674
 Re: (como uma janela sem asas)
"o amor morre sem companhia
perdido perdido
para sempre calmo
passeia na boca de todos"




´
Esse amor transcende espaços...
invade o tempo.
Leva longe o som
dos beijos guardados.

Enviado por Tópico
Eureka
Publicado: 07/11/2015 10:54  Atualizado: 07/11/2015 10:54
Colaborador
Usuário desde: 02/10/2011
Localidade: Lisboa
Mensagens: 4239
 Re: (como uma janela sem asas)
Olá Vania,

Parabéns pela tua partilha. Sempre do teu jeito singular, mais uma vez deixaste o sol brilhar aqui. Ficou muito bonito, faltou apenas a alegria, mas vou esperar que ela te encontre de novo, e essa tristeza que vá embora.

Beijinhos com carinho

Eureka

Enviado por Tópico
Nininha
Publicado: 17/04/2016 20:18  Atualizado: 17/04/2016 20:18
Colaborador
Usuário desde: 14/04/2016
Localidade:
Mensagens: 1717
 Re: (como uma janela sem asas)
Dizer que adoro já não faz sentido...amo ler-te!
Parabéns pela sobriedade surreal das tuas palavras...sempre!

Enviado por Tópico
estou-phula
Publicado: 29/06/2016 02:03  Atualizado: 29/06/2016 02:03
Participativo
Usuário desde: 03/06/2016
Localidade:
Mensagens: 28
 Re: (como uma janela sem asas)
Saudades, de contemplar o cair da sua alma nas palavras…pena é que regressou forquilhando este imenso pesar …

Acredito que o Luís amava a poesia como poucos … por isso sempre desejou é que a poetisa continua-se … a fazer da poesia o seu atelier …

...talvez, escrever seja a melhor homenagem que nós lhe podemos fazer …

Um abraço

Enviado por Tópico
Fhatima
Publicado: 02/05/2018 00:53  Atualizado: 02/05/2018 00:53
Colaborador
Usuário desde: 12/02/2008
Localidade: Joinville - SC
Mensagens: 3389
 Re: (como uma janela sem asas)
Boa noite prezada Vania!
Ler-te é voltar no tempo e, aqui encontro um poema maravilhoso, onde a vida é sempre de episódios muitas vezes iguais e, o amor? triste e perdido!
Linda forma de expressar-se!
Parabéns!
Um beijinho no seu lindo coração!
Fhatima