https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

O teu olhar

 
O brilho dos teus olhos despe-me a alma...
Sinto-me a ser possuída num todo...
Tens um olhar meigo de malícia, desejo e bravura, que me queima de loucura...
O teu olhar rijo e duro, quente e viril que me invade o quadril...
Saciada olho-te nos olhos... LUZ...BRILHO...ENERGIA

Ana Cristina Duarte


Ana Cristina Duarte

Olhar viril
 
Autor
Anacduarte
 
Texto
Data
Leituras
738
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
33 pontos
11
3
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 11/10/2015 20:58  Atualizado: 11/10/2015 20:58
 Re: O teu olhar
Ana, foi um prazer ler. um abraço


Enviado por Tópico
Kori
Publicado: 12/10/2015 00:48  Atualizado: 12/10/2015 00:48
Participativo
Usuário desde: 12/10/2015
Localidade:
Mensagens: 12
 Re: O teu olhar
Mesmo sem nunca ter visto, "O teu olhar" deliciou-me...
Beijinhos.


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 12/10/2015 10:06  Atualizado: 12/10/2015 10:06
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29256
 Re: O teu olhar
Olhos que se revelam numa prazerosa veracidade, trazendo de ti aqueles encantos que resplandece um lindo amor.

Quanta maravilha


Enviado por Tópico
OHM
Publicado: 17/10/2015 16:45  Atualizado: 17/10/2015 16:46
Muito Participativo
Usuário desde: 17/10/2015
Localidade:
Mensagens: 65
 Re: O teu olhar
Intensa demonstração de desejo carnal


OHM


Enviado por Tópico
Teli
Publicado: 26/10/2015 16:58  Atualizado: 26/10/2015 16:58
Colaborador
Usuário desde: 16/05/2015
Localidade: Rio de Janeiro
Mensagens: 946
 Re: O teu olhar
Os olhos falam mais que mil palavras e não mentem jamais. Gostei de sua singela obra. Parabéns, querida Poeta. Um beijo.

Enviado por Tópico
Teli
Publicado: 26/10/2015 16:58  Atualizado: 26/10/2015 16:58
Colaborador
Usuário desde: 16/05/2015
Localidade: Rio de Janeiro
Mensagens: 946
 Re: O teu olhar
Os olhos falam mais que mil palavras e não mentem jamais. Gostei de sua singela obra. Parabéns, querida Poeta. Um beijo.