https://www.poetris.com/
 
Contos -> Romance : 

Escaldante sedução

 
Tags:  sexo    sedução    fogo    chama  
 
Chegada a Tróia, numa conferência de partilha de informação sobre investigação estratégica.
Apressou-se a fazer o check in pois já chegara atrasada, entrara no auditório discretamente, sentou-se num canto, a ouvir a oradora.
Uma sensação de sexto-sentido tocou-lhe na fonte, a percepção que estava a ser observada.
Um próximo orador acabara de ser anunciado, um som de movimento atrás dela, alguém se levantou, ela conseguiu absorver o aroma que lhe aflorou os sentidos e as sobrancelhas também, um homem de média altura, ombros largos dentro de um fato elegantemente vestido, o qual de costas não lhe conseguiu ver nada mais, do que um bom rabo saliente.
No palco, observou o tipo um ar altivo pele morena de cabelo escuro, com uma forte presença de correta postura.
A mensagem que o orador passava era enérgica, ela não tinha sono, seria da voz ou da presença masculina.
Terminada a intervenção o homem regressou ao seu lugar, ao passar lado a lado, fitou-a nos olhos deixando-a despida.

"Céus que escândalo o tipo é poderoso"

As horas seguintes fizeram o gosto à estratégia, entre ambos, um jogo de sedução num misto de acções comedidas, entre dois profissionais, que não se conheciam, no bar ela tirou um Martini, ele com um sorriso maroto, avança.
- Uma boa escolha, a azeitona como brinde é muito bom. Chupar a azeitona, claro, rs.
Ela como tímida que era não se pronunciou, mas esboçou um sorriso de aprovação.

"Queres festa, eu digo-te o que chupava e bem, até te transformares em Martini".

Durante o jantar o jogo de estratégia sedução, continuou, o homem, sentou-se duas mesas depois de frente para ela, falava com um grupo de estrangeiros conhecidos e olhava-a nos olhos sorrindo, a mulher começou a gostar da brincadeira, deliciava-se com uma mousse de manga chupava a colher lentamente e fitava-o nos olhos.

"Ui não, não provoques, vou perder a cabeça contigo e dou-te outra colher, de carne, minha gulosa".

Ambos deram uma gargalhada silenciosa, com cumplicidade.
O avançar da hora obrigou a retirada, a mulher seguiu em direcção ao quarto, junto à porta sentiu o aroma do perfume do tipo, achou que estava a delirar.
Quando sem nem porque junto à parede, ele faz-lhe por trás uma carga corporal, com o braço esquerdo imobiliza o braço esquerdo dela agarrando o direito, com a sua mão direita tapa-lhe docemente a boca, por sua vez não quis arriscar a deixa-la defender-se junta os pés do lado de fora dos dela, imóvel completamente a mulher tenta reagir.
- Isto parece um pouco animalesco, mas você mexe comigo.
Ela quer falar, não consegue, enquanto ele a beija lentamente da orelha, no pescoço, mordisca-lhe o ombro, a fêmea reage, o seu corpo ganha vida o quadril, vibra, a anca ganha vida própria, impossibilitada de falar, a respiração ofega numa constante oitavada.
Ele vira-a rapidamente, agarra-lhe pelo pescoço com virilidade e beija-a de uma forma prazerosa, de fome sem limites, apanhou-lhe os faróis, as coxas um verdadeiro polvo, aquele toque de dedos fortes e quentes, sentiu-se um piano a tocar a música de desejo.
O convite estava lançado, a distância do colo dele foi as costas dela na parede, no quarto com ela ao colo entrou, de pernas entrelaçadas à sua cintura, um jogo de despe a próxima peça foi surpreendente, arrancou-lhe a gravata, a camisa, ele abriu-lhe o fecho do vestido, enquanto mordia o ombro, a arte selvagem atraia-lhe os mais arrojados sentidos de plumas prazerosas.
De sandálias no solo, ficara apenas um fio dental, que com arte marcial máscula, tentada em forma de dentes foi tirado.
Ela dera-se por um todo, aquele jogo que entre quatro paredes, parecia, um tempo único, habituada a amor de mel, descobre outro tipo de sedução uma verdadeira arte de agressivo prazeroso, o musculado homem com a palma da mão, ofereceu-lhe 5 dedos tatuados numa nádega. De tal forma que o efeito foi de pascais largamente a bolas chineses efectuosas.
Corpo a corpo, o homem fitava os olhos grandes verdes, de brilho inigualável, de misto desafio, medo, prazer.
Enquanto a olhava, lambuzava-a com beijos quentes e explosivos, com o suor a brilhar no rosto.
A honra era dele, a mulher estrelas via, um sucessivo estrelar transcendental. Ela levanta-a a perna direita prende a dele e roda para cima dele, sendo aprovada a sua atitude, até então completamente submissa, para a ter uma postura de dominadora.
Cavalgando montes e vales, deixando o cavalo selvagem mansinho e explosivamente cansado, após o ranger dos dentes e o rugir de um leão, de olhos esbugalhados e de faces rosadas.

Adormeceram exaustos, após várias activas horas de agressiva carnal loucura, desmedida.


Ana Cristina Duarte

 
Autor
Anacduarte
 
Texto
Data
Leituras
1748
Favoritos
6
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
92 pontos
24
10
6
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Semente
Publicado: 07/11/2015 00:49  Atualizado: 07/11/2015 00:49
Colaborador
Usuário desde: 29/08/2009
Localidade: Ribeirão Preto SP Brasil
Mensagens: 8696
 Re: Escaldante sedução
Céus !!
Que escandalo delicioso essa escaldante sedução, Ana!!!!!

rsrsr, mexeu com a minha libido e deu-me idéias!! rsrsrs

Parabéns amiga, muito bem escrito, objetivo com detalhes quentes. Uiaa!!

Abraços!!


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 07/11/2015 01:03  Atualizado: 07/11/2015 01:03
 Re: Escaldante sedução
Excelente conto!
Visualizei a cena passo a passo.
Parabéns, amiga

Bjs


Enviado por Tópico
Upanhaca
Publicado: 07/11/2015 01:13  Atualizado: 07/11/2015 01:13
Colaborador
Usuário desde: 21/01/2015
Localidade: Sol Poente
Mensagens: 6410
 Re: Escaldante sedução
Um romance perfeito num maravilhoso jogo de sedução, o homem fervilhava de amor e a mulher pra trás não ficou. Ambos explodiam de prazer.

Maravilhoso texto, adorei e favorito.
Obrigado pela partilha.
Abraço!
upanhaca


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 07/11/2015 01:13  Atualizado: 07/11/2015 01:13
 Re: Escaldante sedução
Bonito, estimulando imaginações.
a escrita prende quem lê, fá-lo viver o que lê

bjs para si

AM


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 07/11/2015 11:35  Atualizado: 07/11/2015 11:35
 Re: Escaldante sedução
'após várias activas horas'...isto não é para toda a gente! e a oferta dos 5 dedos tatuados é de uma roxa generosidade! explícito, arrebatador a momentos, giro. e gostei da mudança de condutor, ou cavaleiro, como quiseres. parabéns, Ana, e aguardo o próximo com um olho virado para Azeitão e o outro lá para os lados da Trafaria.


Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 07/11/2015 16:14  Atualizado: 07/11/2015 16:14
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9268
 Re: Escaldante sedução
Boa tarde Ana, de forma extremamente elegante, tu versastes um acena de muitos desejos, e desmedida sedução que me excitou alucinadamente, parabéns pelo incisivo poema narrando uma trama amorosa de oportunidades, que se faz inesquecível na cabeça dos seus protagonistas, um abraço, MJ.


Enviado por Tópico
Peta
Publicado: 07/11/2015 17:31  Atualizado: 07/11/2015 17:31
Colaborador
Usuário desde: 24/06/2015
Localidade: Lisboa
Mensagens: 669
 Re: Escaldante sedução
Maravilhoso conto, gostei.
Obrigado pela partilha.
abraços, Peta.


Enviado por Tópico
Anacduarte
Publicado: 07/11/2015 20:53  Atualizado: 07/11/2015 20:53
Colaborador
Usuário desde: 11/10/2015
Localidade: Azeitão
Mensagens: 503
 Re: Escaldante sedução

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 08/11/2015 12:52  Atualizado: 08/11/2015 12:55
 Re: Escaldante sedução
O que difere completamente o seu perfil quando assina um tópico sensual é a elegância dos cenários escolhidos para o desenvolver e a metodologia equilibrada sem pender para excessos.
Creio que o que destaca subjetivamente é a pureza da sua narração.
Sei que parece contraditório, mas é algo que quanto a mim não passa em brancas nuvens.



Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 09/11/2015 09:56  Atualizado: 14/11/2015 00:12
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29228
 Re: Escaldante sedução
Sentidos que gritam numa essência que os ecos se deliram naqueles momentos que os desejos penetram, nos insanos carnais. Lábios que se beijam, bocas que se seduzem a nos fascínios fogosos.

Um delicia

Enviado por Tópico
Teli
Publicado: 15/11/2015 16:27  Atualizado: 15/11/2015 16:27
Colaborador
Usuário desde: 16/05/2015
Localidade: Rio de Janeiro
Mensagens: 946
 Re: Escaldante sedução
Conto delicioso. Palavras escolhidas a dedo. Adorei. Parabéns, querida Poeta. Tenha uma tarde de muita paz, junto aos seus. Um beijo.

Enviado por Tópico
Ro_
Publicado: 17/11/2015 21:49  Atualizado: 17/11/2015 21:49
Colaborador
Usuário desde: 25/09/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 3962
 Re: Escaldante sedução

Delicioso de ler, adorei ...rss!
Um beijinho!


*-*


Enviado por Tópico
Keithrichards
Publicado: 21/11/2015 20:15  Atualizado: 21/11/2015 20:15
Colaborador
Usuário desde: 17/03/2014
Localidade:
Mensagens: 2494
 Re: Escaldante sedução
Um belo e apaixonante conto, com um toque de jogo de sedução, prazeroso de ler amiga, parabéns!

bjos!


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 30/01/2016 00:38  Atualizado: 30/01/2016 00:38
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29228
 Re: Escaldante sedução
São as palavras se transforma nesse conte amoroso, fértil em sentimentos.

simplesmente maravilha........martisns