https://www.poetris.com/
Sonetos : 

Sonho Perpétuo

 
Além do infinito, um eterno desejo
Cobiçado pela fé cega da vontade
Quando o pensamento por lampejo
Liberta a ideia pela sua intensidade

Utopia de um sonho que o almejo
Inquieto e fora do encalço da verdade
Vaga no interior de um sonhar andejo
Pela liberdade que o prazer é saudade

Viaja em silêncio com o frio da beleza
Da vida que a perfeição aquém da paixão
Perpetuada no vazio da apatia e pobreza

Em cores que o tom fúnebre por natureza
Censura a licença de tornar real a canção
Que amputa as peias que encadeiam a certeza


Murilo Celani Servo

 
Autor
murilocs
Autor
 
Texto
Data
Leituras
191
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
13 pontos
1
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martims
Publicado: 17/11/2015 10:10  Atualizado: 17/11/2015 10:10
Colaborador
Usuário desde: 12/08/2013
Localidade:
Mensagens: 6797
 Re: Sonho Perpétuo
O silêncio fala um todo