https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Dedicatória : 

Fábrica dos Pastéis - Évora

 
Fábrica dos Pastéis - Évora
 
Na Casa da Inácia:


Na solidão de um dia triste
vou por Évora sem destino
chego à Casa da Inácia
há pastéis e um bom vinho!

E há Fado e solidão
amizade, dia-a-dia
há amor no coração
cheira a rimas de poesia!

E até há quem acredite
que o cansaço quando passa
leva sempre nos seus braços
um pastel da Dona Inácia!


Ricardo Maria Louro

P.S./À Fábrica dos pastéis de Inácia Junça em Évora.



Ser Poeta é exilio
num pais de condenados
um tormento infinito
de mil olhos rejeitados!

Ricardo Maria Louro

 
Autor
Ricky
Autor
 
Texto
Data
Leituras
428
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.