https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

MINHA OUTRA FACE

 
Open in new window
















MINHA OUTRA FACE

é preciso andar tantas milhas
passar por tantas paisagens
molhar-se com a chuva da emoção
pisar nos pedregulhos da razão
para chegar ao meu coração

(e ali a morada pode ser eterna)

mas do mesmo modo
inexplicável talvez dessa acolhida
é a partida súbita e definitiva
quando na pureza de meus sentimentos
não fui entendida

quando rasga-se a minh'alma
já aprendi com os anos - não tem conserto
não há cola que a remende
nem agulha que a costure

e para alguém tão sentimental como eu
é estranho esse sentir
desta borracha que apaga todos os detalhes
formado em anos - e tudo se extinguir

deleto as palavras guardadas na lembrança
como se elas nunca tivessem existido
como um disco formatado
tornando-me um metal frio e sem dados

quando não é sentida minha sensibilidade
não é entendida minha verdade
daquele modo total, pura essência
retiro-me definivamente - e para sempre

embora eu goste de meu lado sentimental
e que valorize tanto esta minha emoção
gosto desse meu lado honesto e verdadeiro
quando se posiciona a minha razão


*Mary Fioratti*





 
Autor
MaryFioratti
 
Texto
Data
Leituras
493
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
30 pontos
8
3
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 09/07/2016 13:53  Atualizado: 09/07/2016 13:53
 Re: MINHA OUTRA FACE
Oi Mary, gostei do texto do qual muito me identifiquei, palavras de um ser que não saberia me explicar . Belo sentir
Abraço


Enviado por Tópico
Semente
Publicado: 09/07/2016 17:46  Atualizado: 09/07/2016 17:46
Colaborador
Usuário desde: 29/08/2009
Localidade: Ribeirão Preto SP Brasil
Mensagens: 8696
 Re: MINHA OUTRA FACE
"quando não é sentida minha sensibilidade
não é entendida minha verdade"...
É isso mesmo, querida Mary, e dificilmente se compreenderá a alma do poeta e do poema, se, se fizer leitura apressada e artificial de um texto poético.

Teu poema condensa as infinitas faces que podem se abrigar em cada ser humano, pois, que de infinitas possibilidades a alma humana é constituída.

Gostei desse finalzinho sobre o seu lado sentimental de valorização da emoção e a razão, honesta e verdadeira. Harmonia e equilíbrio do Ser!!

Bravos !!

Beijinhos, amiga !!


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 09/07/2016 18:48  Atualizado: 09/07/2016 18:48
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29228
 Re: MINHA OUTRA FACE
Sentidos que contempla com uma verdade, vindo de nosso ser um outro aquilo, tudo se define em sentidos, em sentimentos.


Enviado por Tópico
João Marino Delize
Publicado: 09/07/2016 20:03  Atualizado: 09/07/2016 20:03
Colaborador
Usuário desde: 29/01/2008
Localidade: Maringá-
Mensagens: 2740
 Re: MINHA OUTRA FACE
Tu és como uma taça de cristal
Que em pedaços se quebra ao cair
Mas quem ter cuidado e equilibrar
O teu mundo maravilhoso vai sentir

Abraços