https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Infantis : 

Adopções de Amor e Piedade

 
Tags:  amor    amizade    família  
 
No seguimento da leitura feita hoje à partilha do poeta Correia - " E amanhã um anjo" venho partilhar, um poema infantil já guardado há dois anos atrás.


Adopções de Amor e Piedade
Capítulo Um – Manuel, o gato cantor

Era uma vez um gato chamado Manuel
assim baptizado por sua mãe adoptiva
pois que era um nome muito comum e
por essa razão, assim se deveria chamar

Manuel era um gatinho calmo e meigo
Que adorava mimos e outras ternuras
Não fora ele um derretido que se dava
Todinho nos colos dos pais e em turras

Manuel era um belo gato pardo cinzento
De focinho redondo e olhos verdes

Manelinho tinha mais cinco irmãos
E sabia que o afecto que recebia
Era igual para todos os manos
E assim era, apesar dele ser o meloso mor

De noite, subia à cama de sua mãe
E se aninhava suavemente a seu lado
De vez em quando, mamãe acordava
Cheia de cócegas que os seus bigodes
lhe faziam, porque Manelinho gostava
de ronronar em volta do rosto da mãe.

A mãe do Manelinho era esquisita
Depois de ser acordava, ela não se zangava
Acendia a luz da mesinha de cabeceira
Sorria para o Manelinho e abraçava-o
Depositando-lhe mutios beijos na testa
Aninhando-se, logo de seguida com ele
a dormir com um sorriso imenso na face

Manelinho gostava muito de cantar
Subia aos móveis para ficar mais alto
E dali miava bem alto suas cantorias
Mamãe sempre dizia: “ ainda me hás-de
Ajudar a pagar as contas com essa vozinha”
E ele ficava pensando“ ela é mesmo esquisita”

Cantava, mas cantava tanto, que os irmãos
Faziam uma grande galhofa gozando com ele
É que os irmãos gostavam mais de brincadeiras
desafiando-o constantemente para as correrias

Manuel descansava a voz e nem sempre queria brincar
O que originava algumas zangas bem sonoras
A que sua mãe assistia rindo a bom rir
E lá ficava ele pensando “ ela é mesmo esquisita
Nem se importa com as nossas zangas”

Numa casa grande toda disponibilizada para ele
Manelinho vivia feliz com todos os manos e os pais
E naquela casa a vida era boa e muito tranquila
como o deveria ser para todos os outros seres vivos
longe da crueldade e da insensibilidade humana.


O gato Manuel nasceu em 08/06/2009 e foi registado no Municipio de Lisboa com o nome de “Egas Manelinho”

Eureka, 04.09.2016



Eureka

 
Autor
Eureka
Autor
 
Texto
Data
Leituras
559
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
39 pontos
21
5
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 04/09/2016 12:49  Atualizado: 04/09/2016 12:50
 Re: Adopções de Amor e Piedade
Bom Domingo pra si amiga, olha antes de comentar irei fazer uma correção, este lindo texto não entra na categoria Gênero "Poema", e sim na categoria "Conto".

Olha amiga, que bom se sempre fosse assim neh, nem sempre o amor está presente nos Lares, pelo menos nos dias de hoje não. Lindo o o o!



Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 04/09/2016 12:52  Atualizado: 04/09/2016 12:52
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 15994
 Re: Adopções de Amor e Piedade
Eureka
Que ternura! Adoro gatos, se eu morasse sozinha adotaria vários!
Gostei bastante!
Beijos!
Janna


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 04/09/2016 15:35  Atualizado: 04/09/2016 15:35
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29152
 Re: Adopções de Amor e Piedade
Uma magia que vem dos olhos onde se resplandece as mais belas e encantadora essências.


Enviado por Tópico
Nininha
Publicado: 04/09/2016 20:50  Atualizado: 04/09/2016 20:50
Colaborador
Usuário desde: 14/04/2016
Localidade:
Mensagens: 1717
 Re: Adopções de Amor e Piedade P/ Eureka
Olá Maria;

Um nome "mimoso" para um "gato especial"...
Gostei imenso do paralelismo com os humanos e seus sentimentos e verdades intrínsecas.
Como tu sabes manobrar a escrita...parabéns menina bonita!
Beijinhos e obrigada pela partilha


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 04/09/2016 21:20  Atualizado: 04/09/2016 21:20
 Re: Adopções de Amor e Piedade
Um mimo esse Manelinho! gostei tanto!

Adoro gatos ! Agora tenho uma branquinha de olhos azuis Susy ,uma gracinha. Parabéns pelo conto

Beijo amiga



Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 05/09/2016 01:54  Atualizado: 05/09/2016 01:54
 Re: Adopções de Amor e Piedade
Que logo venha o próximo capítulo!!!! Adorei desse gato e a mãe dele, aliás duas gatas vivem ao meu lado....além das filhas claro..rs...cantor então...obrigado Eureka...tenho certeza que nesse momento, momento em que escreve, que lembra e que fala tanto de amor e doação que fala deles , o que sente é apenas o coração...viu só?? beijo grande minha amiga, fica com Deus e mais uma vez obrigado.


Enviado por Tópico
Ro_
Publicado: 05/09/2016 02:05  Atualizado: 05/09/2016 02:05
Colaborador
Usuário desde: 25/09/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 3962
 Re: Adopções de Amor e Piedade

...rss ah mas que delícia viver assim cercado de tanto amor, anjinho Manuel!!!
Eu amo meus anjinhos de quatro patas também!
Um beijinho, minha amiga querida, que eu amO!


*-*


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 05/09/2016 13:46  Atualizado: 05/09/2016 13:57
 Re: Adopções de Amor e Piedade
Olá Eureka,

Ao ler seu poema infantil, lembrei da minha infantilidade... Minha filha tem um gato que se chama Tinho e quando os visito, sempre brinco com ele assim: Vem tinho... Vem tinho e Tinho se torna um furacão... e pula pra cima ... é muito divertido.

Muito bom ler sobre este amor pelos animais.

Bjo


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 05/09/2016 22:31  Atualizado: 05/09/2016 22:31
 Re: Adopções de Amor e Piedade
Poetisa Eureka, passado para visualizar um pouco da sua linda página!

Fiquei maravilhosamente encantada com tamanha beleza!
Aplaudindo-te de pé!👏
Muito, muito parabéns!
Bjs de uma boa semana!

Maria Laís..


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 01/10/2016 12:11  Atualizado: 01/10/2016 12:11
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29152
 Re: Adopções de Amor e Piedade
Uma maravilha, encantos, encantos