https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Engasgo

 
Engasgo

As palavras não cabem na minha boca, nem no meu peito.
Enroscam-se nos sentidos, como se fossem espirais de fumaça, e saem assim como nada.
O modo que você me olha, e pega um cigarro, e nele expira todos meus sonhos...
Aquele jeito de sorrir de lado, que me deixa sempre a sensação de ter feito algo errado.
Afundo-me em minhas palavras, e minha língua sai para fora da boca, como um aceno de socorro.
Mas você nunca me salva.
Você fica a observar essa minha falta de palavras, e tira vantagem desse meu defeito.
Defeito? Não sei.
Fico pensando como seria bom encher minha boca, numa total circunferência, e dizer: "não!".
Você ficaria todo surpreendido, sem ação. A fumaça do seu cigarro talvez saísse pelas suas orelhas.
Mas você sempre tem meu sim, mesmo não dito. Se digo não, o sim está nos meus olhos.
Quero olhar para você com a mesma frieza que você me olha. E no entanto meus olhos soltam chispas de desejo.
Se eu pudesse dizer não, quando você me cala a boca com um beijo, acaricia meus cabelos com suas mãos suaves, descendo languidamente para dentro de minha blusa, tocando meus seios.
Se eu pudesse dizer não, quando você me deita, espalha meus cabelos no travesseiro e me beija todo o corpo, dizendo entre sussurros que nunca desejou ninguém assim...
E eu fechando os olhos, em transe, acredito em cada suspiro.
Se eu pudesse dizer não, quando me entrego sem pensar nesse espiral de emoções...olhando através de seu ombro, em puro êxtase, o balançar da cortina.
Preciso de um transplante de córnea... quero meus olhos frios, assim como esse tão ensaiado não de de minha boca.
Mesmo que o não fosse trêmulo, os olhos poderiam dar a você uma falsa impressão naquele pano de fundo.



Open in new window


.•´¸.•*´¨) ¸.•*¨)
(¸.•´ (¸.•`*´ Gabi.♥


 
Autor
GabrielaSal
 
Texto
Data
Leituras
706
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
18 pontos
4
3
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 11/09/2016 03:38  Atualizado: 11/09/2016 03:38
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 17261
 Re: Engasgo
Gabi
Há momentos que precisamos ser firmes e racionais para não nos engasgarmos com sapos, será que se aplica nesse caso! Rsrs
Gostei imensamente da partilha!
Beijos!
Janna

Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 11/09/2016 05:00  Atualizado: 11/09/2016 05:00
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9802
 Re: Engasgo
Boa noite Gabriela com muita elegância, teus versos enredam uma cena em que os intensos desejos se convertem em demasiada sedução, parabéns pelo vosso excitante enredo poético, um abraço, MJ.

Enviado por Tópico
Nininha
Publicado: 11/09/2016 22:33  Atualizado: 11/09/2016 22:33
Colaborador
Usuário desde: 14/04/2016
Localidade:
Mensagens: 1717
 Re: Engasgo P/ GabrielaSal
Olá Gabi;
Ensaiar um "não" mas nunca o desejar é sinónimo de um grande amor, ou uma paixão desmedida! Adorei toda a envolvência sentida nas palavras. Muito obrigada pela partilha.

Enviado por Tópico
MarySSantos
Publicado: 12/09/2016 20:33  Atualizado: 12/09/2016 20:33
Luso de Ouro
Usuário desde: 06/06/2012
Localidade: Macapá/Amapá - Brasil
Mensagens: 5328
 Re: Engasgo
Adoro suas divagações poéticas, Gabi. Favorito.


Bjos