https://www.poetris.com/

 
(1) 2 3 »
Offline
GabrielaSal
Consciência
Consciência assim muda a vida em menos de um minuto um diagnóstico médico um amor terminado u...
Enviado por GabrielaSal
em 15/11/2016 17:26:29
Offline
GabrielaSal
Aquelas mesmas histórias
Aquelas mesmas histórias o barulho dos pensamentos acordam-me na madrugada são repetitivos como...
Enviado por GabrielaSal
em 22/10/2016 02:16:04
Offline
GabrielaSal
Delírio
Delírio Se você pudesse ver você,como eu o vejo esse mar de ternura derramando de meus olho...
Enviado por GabrielaSal
em 18/10/2016 16:02:05
Offline
GabrielaSal
Exórdio
Exórdio com letras firmes foi traçado o rascunho entre noites de insônia profundas tragadas ...
Enviado por GabrielaSal
em 13/10/2016 19:06:26
Offline
GabrielaSal
Notícia de primeira página
Notícia de primeira página Foi um pedaço de tragédia unido a um último olhar. Um par de sapatos ...
Enviado por GabrielaSal
em 04/10/2016 03:41:49
Offline
GabrielaSal
Soberba
Soberba deixou que o silêncio quebrasse os vidros da janela da sala e ajoelhando-se juntou os ca...
Enviado por GabrielaSal
em 02/10/2016 05:06:37
Offline
GabrielaSal
Ousadia
Ousadia além do óbvio existe um lado obscuro que a mente resiste como aquele livre salto ...
Enviado por GabrielaSal
em 29/09/2016 15:50:30
Offline
GabrielaSal
Infidelidade
Infidelidade pulou o muro alto as meias ainda na mão olhou dos lados o sereno molhava o rosto...
Enviado por GabrielaSal
em 28/09/2016 02:52:15
Offline
GabrielaSal
Benefício da dúvida
Benefício da dúvida com um só toque estrangulou a garganta - ávido sufocando suspiros boca a bo...
Enviado por GabrielaSal
em 23/09/2016 01:11:10
Offline
GabrielaSal
Vislumbre
Vislumbre este olhar a vida que passou há pouco tempo num piscar de olhos e enxergar o que p...
Enviado por GabrielaSal
em 21/09/2016 13:47:58
Offline
GabrielaSal
Nosso amor é coisa de para sempre
Nosso amor é coisa de para sempre Nosso amor é coisa de para sempre. Que se fechem portas, que s...
Enviado por GabrielaSal
em 18/09/2016 23:26:27
Offline
GabrielaSal
Vertigem
Vertigem seria a linha do horizonte o limite do campo visual? atrás dela posso ver coloridas ...
Enviado por GabrielaSal
em 15/09/2016 02:59:31
Offline
GabrielaSal
Nua
Nua nua de vontades vazia de sentimentos como uma casca fina uma folha a voar ao sabor do vento...
Enviado por GabrielaSal
em 14/09/2016 03:25:25
Offline
GabrielaSal
Astenia
Astenia com ódio por dentro esbugalho essa mágoa e mastigo com os olhos sobras do amor de ont...
Enviado por GabrielaSal
em 13/09/2016 00:04:44
Offline
GabrielaSal
Engasgo
Engasgo As palavras não cabem na minha boca, nem no meu peito. Enroscam-se nos sentidos, como se...
Enviado por GabrielaSal
em 11/09/2016 00:55:14
Offline
GabrielaSal
Bailarina
Bailarina Marcou-me aquele instante. Como se algo tivesse tatuado minha pele num para sempre. ...
Enviado por GabrielaSal
em 09/09/2016 01:19:30
Offline
GabrielaSal
O pequeno poema do vaso chinês
O pequeno poema do vaso chinês partido em pedaços no chão da sala aquele velho vaso chinês as f...
Enviado por GabrielaSal
em 05/09/2016 13:24:39
Offline
GabrielaSal
Em seus a(braços)
Em seus a(braços) Quero seus braços enlaçados em meu corpo, assim, pele com pele, matando essa s...
Enviado por GabrielaSal
em 02/09/2016 03:28:02
Offline
GabrielaSal
Em silêncio
Suas mãos mornas sensíveis, procurando caminhos em meu corpo, arrepiando todos meus sentidos. E s...
Enviado por GabrielaSal
em 25/08/2016 21:30:19
Offline
GabrielaSal
Vôo livre
Vôo livre alça vôo aquele pássaro e diante de meus olhos presos acompanho sua liberdade perco-me...
Enviado por GabrielaSal
em 19/08/2016 14:29:57
(1) 2 3 »