https://www.poetris.com/
 
Textos -> Amor : 

Delírio

 

Delírio


Se você pudesse ver você,como eu o vejo esse mar de ternura
derramando de meus olhos em cachoeiras de sonhos.
Esse meu olhar platônico que borbulha lavas e derrama adrenalina
pura em meu sangue com esse seu toque inocente.
Seus olhos sorriem ingênuos e os meus se agitam em ondas de
vertigem diante do novo.
Esse estado de emergência de meu corpo, aquela quentura que atinge
que desperta o cio, quando desfaço-me em fantasias.
Moldo-me lânguida em seu abraço, querendo mais... e mais...
E dentro de minha retina de olhos fechados projeto-me nas
nuvens das suas carícias, oferecendo-lhe o sul de meu corpo, serpenteando
emergencia. Suas maos vem do norte lentamente sentido sul,
movendo em aridas e suaves caricias.
Caio em espiral e subo açulando o cume mais alto, enquanto voce me assiste.
Desfaço-me em sentidos, entontecida, entreabindo a boca e mordendo os lábios em sons de brisa, sussurrando beijos agradecidos.

Open in new window


.•´¸.•*´¨) ¸.•*¨)
(¸.•´ (¸.•`*´ Gabi.♥


 
Autor
GabrielaSal
 
Texto
Data
Leituras
3159
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
5 pontos
3
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 18/10/2016 19:09  Atualizado: 18/10/2016 19:09
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 17635
 Re: Delírio
Gabi
Parabéns! Um poema para suspirar!
Adorei!
Beijos!
Janna

Enviado por Tópico
Gyl
Publicado: 19/10/2016 23:51  Atualizado: 19/10/2016 23:51
Membro de honra
Usuário desde: 07/08/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 15713
 Re: Delírio
Gosto do lirismo contido e dos recursos de linguagem que usa muito bem. Este conluio em boas mãos sempre nos dão ótimos poemas. Abraços.

Enviado por Tópico
Beija-Flor76
Publicado: 01/03/2022 20:38  Atualizado: 01/03/2022 20:38
Colaborador
Usuário desde: 23/02/2010
Localidade: PORTUGAL
Mensagens: 2080
 Re: Delírio
Aí aí, até faz suspirar...que poema ardente de paixão, rico em imagens e fico assim, tranquilo, sereno e preenchido.

Uma delícia de poema.
Beijinhos