https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

Talvez um anjo

 
 
Talvez um anjo
 
Talvez um anjo



Tens vindo buscar sorrateiramente os entes
vem adoece sem que se apresse os leva
pro céu ou pra trevas.

O ambiente fica vazio, não provoca mais em
mim arrepio como antigamente, já chorei
demais compulsivamente.

Não me acostumei com sua presença é
que as vezes você é necessária pra aliviar
a dor dos cruéis tormentos.

Embora não a compreenda os porquês
que os levas os fora de hora ou os que
mal vieram e foram embora...

Não deve ser negra e nem branca nem
do mau ou santa, es somente a oficial
da sorte a excelentíssima morte.









O NOVO POETA. (W.Marques).


O NOVO POETA.W.Marques).

O NOVO POETA. (W.Marques).
 
Autor
ONOVOPOETA
 
Texto
Data
Leituras
234
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.