https://www.poetris.com/
 
 
Tags:  amor    reflexão    rimas    pensamento  
 
Chuva
 
Eu amo você, mas não irei me esquecer
Quanto já pensei em chorar, me fez sofrer
Claro que a culpa de tudo, em mim irá jogar
Não é necessário nem "adivinhar", é só esperar
Sei que acusações irão chegar e me atormentar
Suspeito agora que almeja me fazer chorar
Estou correto em afirmar?
Diga então que estou mentindo
Diga então como devo está me sentindo
Diga, como posso continuar confiando em ti?
Me tratou como um qualquer, não é?
Ou pior, me tratou como um brinquedo
Que serve para saciar seu desejo
Reflita a maneira como se comportou, garota
Você me abandonou, me ouça
Não se agarre na esperança que você agride
Pense bem, veja quem você feriu
Minha antiga cicatriz aquele dia se abriu
Tornou-me infeliz, mas mesmo assim
Creio que o ocorrido fora o estopim
Me enganou de forma majestosa e impiedosa.

Falsas foram as palavras que disse
Reverencio sua habilidade, capacidade para brincar
Diga-me, como consegue os sentimentos não usar?
Também quero saber, para aprender a me cuidar
"Mulheres possuem o coração de gelo", ouço falar
É verdade? Afinal não custa nada perguntar
Mas jamais deixarei de me expressar, não irei mudar
Serei perspicaz, sagaz.

Sei que preciso, necessito esquecer
Mas alguém poderia me dizer o que fazer?
Por não seguir a razão acabei ficando perdido
Por seguir meu coração acabei ficando desiludido
Mas não entendo, por que fez isso comigo?
Diga para mim, o que fiz contigo para me tratar como lixo
Não é disso que preciso, perdi seu abrigo
Sei que com você eu brigo, mas mesmo por isso
Não deveria ter feito aquilo, entende?
Como pode dizer que me ama se me abandona?
Nunca te deixei nem um centímetro de distância
Amo sua companhia, mas duvido que ame a minha
Agora nem consigo conversar com você
Creio que você fez um buraco no meu ser
Meu superego, o id irá conter
Não me permitam mais que eu sofra por ela
Já que ela não se importa com a minha dor
Ainda sonho em estar ao lado dela
Idiota? Eu sei que sou
Sei também que ainda não acabou o nosso amor
Mas saiba, você me magoou profundamente.

Sei que estou a te evitar
E não sei até quando irei continuar
Não sei se será até eu melhorar
Talvez amanhã eu esteja de bem
Indo ao encontro de alguém para me alegrar
De já, meu amigo pode me ajudar
Outrora, busco me remediar e o buraco tampar.

Chuva, limpe essa minha dor
Chuva, limpe esse odor de amor ferido
Eu preciso, chuva.

 
Autor
AteopPensador
 
Texto
Data
Leituras
480
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.