https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Mordeste a minha calma

 
Tags:  calma    paciência  
 
Mordeste a minha calma
Ao esticares a minha paciência
Revoltou-se a alma
Em gestos sem ciência.

Cansei-me
Melhor…
Fartei-me!

Arranquei a sanguessuga
Da minha pele dorida,
Friamente,
Como quem suga
A dor da própria
Ferida.

Regenera-se
A marca da mordida
E nada fica.

Olho em frente
E perante mim
Vejo o amanhã
Radiante
Onde vou chegar.

Eu sei que sim…


 
Autor
MariaSousa
 
Texto
Data
Leituras
1381
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
24 pontos
10
3
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Gyl
Publicado: 28/09/2016 15:54  Atualizado: 28/09/2016 15:54
Membro de honra
Usuário desde: 08/08/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 15149
 Re: Mordeste a minha calma
Texto que foge um pouco dos outros teu que tenho lido. Nem por isso menos elaborado e com as tuas características genuínas. Um beijo do lado de cá!


Enviado por Tópico
MaryFioratti
Publicado: 28/09/2016 15:54  Atualizado: 28/09/2016 15:54
Colaborador
Usuário desde: 09/02/2014
Localidade:
Mensagens: 2380
 Re: Mordeste a minha calma
Como eh deliciosa essa certeza interior, quando
resolvemos ser fortes e quebrar definitivamente
os lacos.
Gostei muito!

Abracos!

*Mary Fioratti*


Enviado por Tópico
Rogério Beça
Publicado: 28/09/2016 17:54  Atualizado: 28/09/2016 17:54
Colaborador
Usuário desde: 06/11/2007
Localidade:
Mensagens: 1593
 Re: Mordeste a minha calma
calma mordida
sanguessuga arrancada
regenera-se a ferida
a cada madrugada.

Um poema cheio de agressões, marcas no corpo, na pele da alma revoltada.

A última estrofe enquadra o poema numa resolução.
Quase podemos ver crostas e cicatrizes de poema.

" Eu sei que sim..."

bj


Enviado por Tópico
ALFA
Publicado: 28/09/2016 18:21  Atualizado: 28/09/2016 18:21
Colaborador
Usuário desde: 14/04/2015
Localidade:
Mensagens: 870
 Re: Mordeste a minha calma
Sempre que a calma é mordida
Faz despoletar tamanha revolta
Até depois de cicatrizar a ferida
É preciso ter atenção na crosta!

Mas depois da calma mordida, renasce uma outra com outros argumentos de defesa!

Beijos


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 29/09/2016 01:03  Atualizado: 29/09/2016 01:03
 Re: Mordeste a minha calma
*Olá Maria! Dei uma saidinha e retornei...rsrs
Sempre um prazer renovado te ler.
Um basta assim versado tem o seu valor! Adorei!
Beijoka*