https://www.poetris.com/
 
Textos -> Outros : 

ESTA ESTRANHEZA DE SER

 
Open in new window

Ao final da tarde quando o pôr-do-sol se veste de noite e a lua reina entre as estrelas, sinto em mim muitas vezes um estranho sentimento que dificilmente consigo exprimir por palavra, é uma mescla de alegria, mistério e tristeza.
Qual a razão deste sentir eu não sei, só sei que me transporta para lugares onde as cores são a minha forma de conseguir exprimir-me de tempos em que nunca vivi, mas que sempre estive lá.
A lua tem em mim um efeito quase mágico, como se dum lobo se tratasse, talvez eu tenha esse mesmo espirito de lobo, não sei…talvez as sombras da noite me atraiam, talvez o dia me amedronte ou talvez sejam as pessoas que vejo durante o mesmo dia.
Há muito que não o faço, mas adorava no verão quando na noite a lua cheia fazia brilhar os campos de prata passear nas brumas da noite e sentir a brisa fresca e os cheiros que ela me trazia quando as vezes orvalhava mais intenso.
Não sei que sentimento tenho, naqueles minutos encantadores entre o por do sol e o nascer da lua, só sei que gosto e me sinto diferente!

F.Serra

 
Autor
F.Serra.Pintor
 
Texto
Data
Leituras
242
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.