https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Seivas

 
Acredito nas palavras
tanto quanto acredito
nas árvores:

umas vezes despidas
outras vezes em flor

umas vezes imperceptíveis
outras vezes enchendo-nos os olhos
de cor

às vezes rasgando nuvens
outras vezes sensíveis
à lua que passa
pena dócil na manhã calma.

E como as palavras
as árvores têm raízes
que bebem águas d'alma.

Às vezes sombrias
às vezes claras.

Acredito nas palavras
como acredito nas árvores
-
assim as árvores acreditassem em mim
como nas seivas.


Teresa Teixeira


 
Autor
Sterea
Autor
 
Texto
Data
Leituras
429
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
0
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.