https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Crítica : 

A vida a soldo

 
 
A vida a soldo
No olhar a apatia
Sem vontade, ou expressão
O dote como moeda de troca
À margem, a humana condição
Do ser mulher...
Sem rosto, ou graça
Do contrato, um ventre fértil
O amor uma utopia
O que importa é perpetuar a raça


Open in new window

Maria Fernanda Reis Esteves
56 anos
natural: Setúbal
 
Autor
Nanda
Autor
 
Texto
Data
Leituras
394
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
34 pontos
4
3
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 19/11/2016 15:38  Atualizado: 19/11/2016 15:38
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16127
 Re: A vida a soldo
Nanda
Bela reflexão! Triste realidade, não dá para negar que existe essa desvalorização da mulher, mas nunca irei aceitar! Prefiro morrer sozinha na utopia!
Beijos!
Janna

Enviado por Tópico
RaipoetaLonato2010
Publicado: 19/11/2016 21:18  Atualizado: 19/11/2016 21:18
Colaborador
Usuário desde: 13/03/2010
Localidade: Paulínia-SP
Mensagens: 2666
 Re: A vida a soldo
Uma gratidão ao dom de ser mulher. Perfeito.

Enviado por Tópico
super_prisma
Publicado: 21/11/2016 18:38  Atualizado: 21/11/2016 18:38
Super Participativo
Usuário desde: 23/07/2009
Localidade:
Mensagens: 119
 Re: A vida a soldo
Fazer do destino de alguém um mero contrato é desumano. Há que respeitar a condição de se ser mulher, homem, criança, idoso. Há que respeitar a condição de se ser Humano.

Enviado por Tópico
Semente
Publicado: 21/01/2017 18:26  Atualizado: 21/01/2017 18:26
Colaborador
Usuário desde: 29/08/2009
Localidade: Ribeirão Preto SP Brasil
Mensagens: 8696
 Re: A vida a soldo/ Para Nanda
Desse teu olhar sapiente para vida e a condição humana, resultou essa bonita poesia, com a arte de dizer uma verdade com um mínimo de palavras. Parabéns, Nanda!

Beijinhos !!